II Ursap realiza Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e pretende vacinar 37.593 crianças

A II Unidade Regional de Saúde Pública (II Ursap), realizará no período de 05 a 30 de outubro de 2020 a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação das crianças e adolescentes até 15 anos de idade, sendo 17 de outubro, o dia “D” de divulgação e mobilização nacional. Pretende vacinar 37.593 crianças.
Esta ação tem como objetivos reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país, oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal, aumentar as coberturas vacinais e homogeneidade, diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação e/ou erradicação dessas doenças.

O grupo alvo da vacinação contra a poliomielite são as crianças menores de 5 anos de idade, com estratégias diferenciadas para as crianças menores de um ano e para aquelas na faixa etária de 1 a 4 anos de idade. Na multivacinação, o público-alvo são as crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade. Serão ofertadas todas as vacinas do calendário básico de vacinação da criança e do adolescente visando diminuir o risco de transmissão de enfermidades imunopreveníveis, assim como, reduzir as taxas de abandono do esquema vacinação.

"O objetivo da campanha é vacinar a população alvo da campanha contra a poliomielite e contribuir para a redução do risco de reintrodução do poliovírus selvagem, mantendo o país livre da doença.

O grupo alvo é a criança de um ano a menor de cinco anos de idade. 

As crianças que deverão ser vacinadas indiscriminadamente com a Vacina Oral Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses de Vacina Inativada Poliomielite (VIP) do esquema básico", disse o técnico do Programa de Imunização da II Ursap, Jorge Mota. "As crianças menores de um ano de idade (até 11 meses e 29 dias) deverão ser vacinadas. A meta mínima é vacinar 95% do grupo alvo de um ano a menor de cinco anos de idade, de forma indiscriminada", ressalta Jorge Mota.

Abdias Duque de Abrantes
Jornalista MTB-PB 604

Postar um comentário

0 Comentários