Pré-candidata Cinthia Sonale diz que não vai se intimidar diante de perseguição

A pré-candidata à prefeitura de Grossos, Cinthia Sonale (PSDB), recebeu com tranquilidade a decisão judicial proferida pelo Juiz Eleitoral Fábio Ferreira de Vasconcelos da Comarca de Areia Branca, na tarde de terça-feira (08). “Não havia motivos para que a justiça tivesse outro entendimento, temos imenso respeito pela legislação eleitoral”, disse a pré-candidata ao receber a notícia.

Para Cinthia Sonale o que houve foi uma tentativa de confundir o eleitorado. “Nós já esperávamos por esse tipo de atitude vindo de outros grupos políticos por contarmos com o reconhecimento da nossa trajetória junto a população”, pontuou. “Esse tipo de intimidação e perseguição não vai nos parar, é combustível para irmos adiante”.
Na decisão o juiz eleitoral esclarece que o material apresentado tratava de uma mera enquete, dentro do que prevê a legislação eleitoral, e não de pesquisa, como foi apresentado de forma equivocada pela representação. Enquetes e pesquisas estão previstas na legislação eleitoral, porém são diferentes. As enquetes tratam de sondagens com participação espontânea. Já as pesquisas fazem uma amostragem do eleitorado e precisam de registro prévio. Além disso, nas palavras do juiz, “não há registro que a representada tenha usado suas redes sociais para a divulgação da enquete”.

Enviado pela assessoria de comunicação da pré-candidata

Postar um comentário

0 Comentários