Kaká Santos vê com preocupação a alta taxa de eleitores sem ensino fundamental no município e propõe soluções

Por: Kaká Santos
O Blog Facho de Grossos apresentou uma importante matéria (ver aqui) nesta quarta-feira(23), contendo dados sobre o eleitorado de nosso Município que me chamou muito a atenção. Mais de duas mil e seiscentas pessoas com idade a partir de 16 anos não possuem o Ensino Fundamental Completo.

A informação pode passar despercebida pra alguém mas para aqueles que pretendem representar a população e atuar à frente das políticas públicas do município nos próximos quatro anos, NÃO! É de extrema importância PRESTAR ATENÇÃO a estes números. Uma pesquisa feita pelo IBGE, Banco Mundial e Todos Pela Educação (2018), informou que a taxa de desemprego no Brasil para os que não tem Ensino Fundamental é de 12,2%.

Por trás desta estatística existem jovens com idade de ingresso nas universidades, ou nos postos de emprego, buscando melhores condições de vida e sonhando com suas carreiras profissionais. Precisamos levar isto a sério e oferecer soluções para este problema em nosso município já tão carente.

Acredito que tanto o poder Executivo quanto o Legislativo, a partir de 2021 terão que sentar e propor medidas neste sentido. Existe uma Comissão na Câmara que tem a responsabilidade de debater este tema e auxiliar as decisões do poder Executivo - A COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, nela podemos ouvir profissionais da área e especialistas em Educação de Jovens e Adultos e traçar metas para que a médio e longo prazo este número imenso seja reduzido e tenhamos uma população mais qualificada o que aumentará suas chances de conseguir melhore empregos.

Oferecer a Educação de Jovens e Adultos no período noturno aliada a uma formação profissional, daria mais dignidade e oportunidade para este grupo. O município dispõe de ótimas estruturas para isto. Tanto no Sagrado Coração de Jesus no período noturno, quanto no POLO EDUCA GROSSOS podem ser utilizados para este objetivo. O SESC tem um excelente curso de EJA, que inclusive já funcionou no município, onde tive a oportunidade de COORDENAR na Gestão de Veronilde Caetano. O programa é excelente e pode atender perfeitamente à esta demanda. Além disso, podemos firmar parcerias com o SENAI e ofertar cursos profissionalizantes no mesmo programa de CAPACITAÇÃO.

Na minha opinião este tema precisa ser uma das prioridades para os próximos quatro anos. É preciso olhar com carinho para esta questão.

Postar um comentário

0 Comentários