Ex-presidiário é perseguido e morto a tiros no Dom Jaime Câmara em Mossoró

Um homicídio provocado por disparos de arma de fogo, foi registrado por volta das 21h00min desta quinta feira 06 de agosto de 2020 em Mossoró na região Oeste Potiguar.

O crime aconteceu em via pública na Rua Rafael Mossoroense da Glória, próximo a Praça das Malvinas no Bairro Dom Jaime Câmara. O ex-presidiário Cleilson de Oliveira Silva, Franjinha", 31 anos de idade, morador dos Teimosos foi morto com cerca de cinco tiros.
TEM INSTAGRAM? SEGUE A GENTE CLICANDO AQUI↵ 
De acordo com a Polícia Militar, a vítima trafegava de moto quando foi perseguida pelos atiradores. Durante a fuga, "Franjinha" como era mais conhecido colidiu sua moto com um carro que estava estacionado em frente a uma residência.

Com o impacto da batida, a vítima caiu com a moto em cima de uma calçada e segundo a polícia, os atiradores terminaram de executá-lo. A Polícia Civil não descarta a possibilidade do crime está relacionado com briga entre facções rivais. Segundo informações ele teria sido visto efetuando disparos de arma de fogo para o alto na praça do bairro.

Durante o trabalho dos profissionais do Itep não foram localizados documentos com a vítima, mais um fato chamou a atenção da perícia e da Polícia Civil. Uma carteira contendo os documentos de Cleilson de Oliveira foi encontrada na carroceria da caminhonete da perícia do Itep. Ninguém sabe quem teria jogado a carteira naquele local.

O corpo foi recolhido após a perícia e encaminhado para exames no Instituto Médico legal do Itep. Já são 104 assassinatos em 2020. A Delegacia de Homicidios vai investigar o caso. Cleilson de Oliveira Silva já esteve preso por crime de porte ilegal de arma de fogo.

FIM DA LINHA

Postar um comentário

0 Comentários