Polícias Civil e Militar prendem dois homens e apreendem um adolescente suspeitos de tentativa de homicídio em Macau

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macau, em ação conjunta ao Grupo Tático Operacional (GTO) de Macau, prenderam em flagrante, neste domingo (7), Malquiris Cleysson Brito Fernandes, 22 anos, e Mayson Emanuel da Silva Guimarães, 18 anos, pela suspeita da prática dos crimes de tentativa de homicídio, tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores. Também foi apreendido um adolescente de 16 anos.

As investigações se iniciaram após a Polícia Militar ser acionada para atender uma ocorrência de um suposto arrombamento em uma casa. No local indicado, os policiais militares encontraram um homem de 31 anos, bastante lesionado, tendo ele esclarecido que havia adentrado no imóvel porque estava sendo perseguindo por quatro pessoas, às quais ele havia comprado droga. Segundo o homem, os suspeitos teriam roubado sua motocicleta e tentado matá-lo.
Nos acompanhe pelo instagram clicando aqui @ofachodegrossos
A vítima foi socorrida ao hospital, onde os policiais civis e militares obtiveram as informações sobre os suspeitos. Após diligências, os policiais conseguiram prender Malquiris Cleysson e Mayson Emanuel, juntamente com o adolescente, os quais foram reconhecidos pela vítima como autores da tentativa de homicídio.  
Com eles, foram encontrados balança de precisão, cocaína, crack e maconha, além de uma máscara com identificação de uma organização criminosa, dinheiro fracionado e três aparelhos celulares. De acordo com as investigações, os três são apontados como integrantes de uma organização criminosa. Em dezembro de 2019, Malquiris Cleysson já havia sido preso, na cidade de Macau, durante uma confraternização de Natal realizada pela mesma organização.

Os suspeitos foram encaminhados à delegacia, onde foram autuados em flagrante. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS.

Postar um comentário

0 Comentários