PF de Mossoró, em ação conjunta, prende em Goiás acusado de integrar cúpula do PCC no RN

A Força-Tarefa de Combate às Facções Criminosas em Mossoró/RN, coordenada pela PF e composta por policiais federais, policiais civis e policiais militares, bem como agentes penitenciários federais, atuando em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP), prendeu na tarde desta quarta-feira, 1/4, um homem de 42 anos, foragido da Operação Extração, deflagrada em setembro de 2019 no RN. O mandado de prisão foi expedido pela 2ª Vara Criminal de Mossoró/RN e cumprido na unidade penitenciária da cidade de Planaltina de Goiás. 

O foragido integrava a cúpula paulista do PCC no Rio Grande do Norte, sendo um dos “Sintonias Gerais”, espécie de posição hierárquica de destaque no comando da facção criminosa neste estado. 
Nos  acompanhe pelo instagram  clicando aqui @ofachodegrossos
A investigação realizada pela Polícia Federal culminou com o indiciamento do investigado por integrar organização criminosa (artigo 2º, da Lei n. 12.850/2013), e por sua associação ao tráfico de drogas no RN (artigo 35 da Lei n. 11.343/2006). 

Apesar das restrições impostas no período de calamidade pública, a Força-Tarefa formada pela PF, PM/RN e PC/RN prossegue nos trabalhos, a fim de monitorar e reprimir as ações das facções criminosas no Rio Grande do Norte.

COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PF NO RIO GRANDE DO NORTE