Desmistificando a Declaração de Imposto de Renda

Teve início no dia 02 de março do corrente ano o prazo para Declaração do Imposto de Renda 2020; onde na ocasião, os contribuintes estarão declarando os rendimentos do ano calendário 2019. No Brasil, milhões de pessoas se enquadram como obrigadas a declarar seu imposto de renda e muitos por falta de informação, deixam para serem notificadas pela receita federal, causando assim situação de desconforto e gerando multa pela não declaração.

Incontáveis são os casos de contribuintes que por inúmeros motivos deixam de declarar seu imposto de renda, abrindo mão até mesmo da possível restituição de seu imposto (devolução integral ou parcial do imposto) retido pela fonte pagadora.

Dentre os diversos contribuintes obrigados a declarar o imposto de renda, estão:

*Quem recebeu mais de R$28.559,70 em 2019 (salários, alugueis, aposentadoria e etc);

*Quem ganhou mais de R$40 mil isentos, não tributáveis ou tributáveis na fonte no ano;

*Quem possuiu em 2019 bens de mais de R$300 mil;

*Quem ganhou mais de R$142.798,50 em atividade rural; e

*Quem obteve ganho de capital por venda de imóveis.

Estes exemplos são os mais comuns, e basta se enquadrar em um deles para que o contribuinte seja obrigado a fazer sua declaração. A declaração de imposto de renda pode ser feita por qualquer pessoa salutar e responsável; porém, recomenda-se na dúvida procurar um profissional Contador que entenda do assunto.

Posso lhe ajudar?

Respondendo suas dúvidas de maneira gratuita. Será uma imensa satisfação poder te auxiliar.

Thyego Bruno da Costa
CONTADOR
CRC.012614/O-8
Contato: (84)9.8105-0053
thyegobruno@gmail.com