Quatro causas comuns da retenção de líquidos

Na retenção de líquidos, os pés resistem a entrar no sapato, as pernas incham como se fossem um pneu Michelin, a celulite é implacável, as olheiras acrescentam anos ao rosto, e a barriga surge protuberante. São as áreas do nosso corpo que procuram o líquido para ficar. Estas são as quatro principais causas: 

Abusa do sal

Dá sabor aos alimentos, mas o seu consumo afeta o coração: quando esse órgão para de bombear com eficácia, a pressão arterial é alterada, causando retenção e, nos casos mais graves, insuficiência cardíaca e problemas respiratórios. 

Não está a beber água suficiente

A ingestão suficiente de água durante o dia é muito importante para evitar a retenção de líquidos, especialmente se praticar exercício físico. 

A culpa é das hormonas

A retenção é muito mais comum em mulheres: as hormonas femininas desempenham um papel importante no seu desenvolvimento. Durante os meses de gestação, por exemplo, o corpo retém mais água do que o normal devido, sobretudo, a alterações hormonais e excesso de peso, mas é algo que se resolve sozinho após o parto. 

Tem problemas de saúde

Pode ser uma consequência da presença de certas patologias pré-existentes, como insuficiência cardíaca congestiva, doença renal ou cirrose hepática. Outro motivo é o mau funcionamento do sistema linfático, que defende o organismo contra infecções. 


A inflamação também pode fazer de uma infecção ou alergia.

NOTICIAS AO MINUTO