Policial Civil é baleado em Mossoró e morre na UPA do Santo Antônio

No início da noite desta sexta feira 20 de dezembro de 2019, o Policial Civil, Francisco Ferreira Júnior, foi baleado quando chegava na casa de sua mãe, nas proximidades do SENAI no Bairro Santo Antônio em Mossoró, região Oeste do RN.

Quatro bandidos em uma carroça passavam no momento da chegada do APC na residência e resolveram abordá-lo para tomar sua moto. Sem que houvesse reação do policial, um dos criminosos atirou em direção ao agente de segurança. "Júnior" como era mais conhecido, foi atingido com um único tiro no Ombro e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Santo Antônio pra onde foi socorrido por amigos.

Vídeos gravados por câmeras de monitoramentos e espalhados nas redes sociais, mostram que o bandido que atirou no APC, ainda tentou levar sua moto, mas desistiu e fugiu junto com os comparsas. O corpo de Francisco Ferreira, que era lotado na Delegacia do Menor, foi removido do necrotério da UPA e levado para o Instituto Médico Legal do Itep onde será necropsiado e liberado para sepultamento.

Policiais Militares e civis, entraram em diligências, após o crime e conseguiram localizar dois suspeitos, nas imediações do campo de Futebol da estrada da Raiz. Houve confronto e os dois acabaram sendo baleados e socorridos para o Hospital Tarcísio Maia, porém Não resistiram.

Nota de Pesar:

A Polícia Civil do rio Grande do Norte emitiu uma nota de pesar pelo falecimento do APC Francisco Francisco Ferreira Júnior, que tinha 49 anos.

"É com profundo pesar que comunicamos o falecimento de escrivão de Polícia Civil Antônio Ferreira da Silva Júnior, 49 anos. Ele estava na instituição há 17 anos e atualmente se encontrava lotado na Delegacia Especializada de Atendimento ao Infrator (DEA) de Mossoró, tendo atuado por muitos anos na Delegacia de Plantão do mesmo munícipio. 

Nesta sexta-feira (20), na cidade de Mossoró, Antônio Ferreira foi morto por disparos de arma de fogo, em circunstâncias ainda a esclarecer. Neste momento de dor, a Polícia Civil se solidariza com amigos e familiares, ressaltando que todos os esforços serão dedicados para identificar e prender os envolvidos no crime.

FIM DA LINHA