Justiça Eleitoral pode decidir hoje se Beto Rosado fica com a vaga de Mineiro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) poderá julgar nesta terça-feira, 23, o recurso do candidato a deputado federal Kéricles Ribeiro, “Kerinho” (PDT), que teve o registro de candidatura indeferido por não ter apresentado documentos exigidos pela Justiça Eleitoral para concorrer ao pleito no primeiro turno das eleições, realizado no último dia 7.

O candidato Kerinho obteve 8.990 votos não computados em favor da coligação que faz parte o deputado federal Beto Rosado (PP), primeiro suplente da coligação RN 1, que seria o beneficiado, tirando a vaga do deputado Fernando Mineiro (PT).

Se for computado os votos de Kerinho, a coligação que Beto Rosado fez parte somará 311.356 votos.

Já a coligação de Mineiro obteve 310.001 votos.

Com isso, Beto Rosado teria a reeleição garantida para a Câmara Federal, ao passo que Mineiro ficaria sem mandato a partir de 2019. O petista é deputado estadual até 31 de dezembro deste ano.

Costa Branca News