quarta-feira, 3 de junho de 2020
Através das redes sociais nessa terça-feira(02), o médico oftalmologista e deputado estadual Albert Dickson (Pros-RN) recomendou aos seus seguidores nas redes sociais que aumentem o consumo de alimentos ricos em zinco. O parlamentar destaca a medida para fortalecer o sistema imunológico contra o novo coronavírus. Ainda diz que a deficiência de zinco tem levado os homens a contraírem mais a Covid-19 do que as mulheres. O médico e deputado diz que os pacientes do sexo masculino têm tido mais Covid-19 porque perdem zinco durante a ejaculação.

“O zinco está presente no espermatozoide. Toda vez que perde espermatozoide (a pessoa que está com a vida sexual normal), o homem perde 1 grama de zinco. Então, o que vai acontecer? Ele vai ter uma deficiência de zinco”, explica.
Nos acompanhe pelo instagram clicando aqui @ofachodegrossos
Albert Dickson disse ainda que o zinco está presente em poucos alimentos, como a castanha-de-caju e a ostra, e sugeriu aos seus seguidores que consumam os produtos como prevenção à Covid-19. “Tem que se abastecer com zinco. O vírus odeia zinco”, afirmou.
Na transmissão disponível AQUI, Albert Dickson defendeu o uso da ivermectina para tratar o novo coronavírus, e disse que tem prescrito o remédio para os seus pacientes que contraíram a Covid-19, destacando que os sintomas têm desaparecido. O médico e deputado também sugeriu que o medicamento seja usado mesmo entre os que não têm sintomas, como prevenção. BLOG DO BG