segunda-feira, 9 de março de 2020
O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), apresentou requerimentos com o objetivo de obter melhorias para a população do Litoral Norte do Estado. As solicitações foram encaminhadas ao Governo do RN.

O primeiro documento reivindica a retomada das obras da ponte sobre o Riacho dos Cavalos, localizado na BR-221, ligando o município de Macau à Porto do Mangue. A obra, quando concluída, encurtará em 40 quilômetros a distância entre a cidade salineira e Areia Branca, onde está localizado o Porto Ilha por onde é exportado o sal marinho.

"A estrutura, com extensão aproximada em 178 metros, trará grande impacto positivo na região, que é uma das principais produtoras de sal marinho, petróleo e pescados do Brasil", disse Ezequiel. Atualmente a obra está suspensa e sem previsão para ser retomada. A solicitação foi endereçada a governadora Fátima Bezerra (PT) e ao diretor do DER, Manoel Marques.

O deputado também solicitou a realização de um estudo de viabilidade técnica para a recuperação e aprimoramento da iluminação pública da RN 221, no trecho que vai do trevo da Cohab ao IFRN, em Macau. "É uma medida de segurança, principalmente para trabalhadores que precisam sair de madrugada e estudantes que transitam no local", disse o parlamentar. Neste caso, o pedido foi enviado tanto para a governadora como para o secretário de infraestrutura, Gustavo Rosado.

Outro requerimento teve como objetivo sugerir a recuperação do muro de contenção da praia de Camapum, também em Macau. O local é frequentado diariamente por moradores da cidade e turistas, e o muro está totalmente deteriorado devido ao avanço da água do mar. O fato já causou, inclusive, deslizamentos de terra.

Ezequiel sugeriu ainda ao Governo do Estado que busque colocar em plena operação a Central do Cidadão de Macau, atualmente com serviços restritos apenas a algumas atividades. O equipamento que atende a toda região Salineira do Estado, ainda não está com todas as atividades disponíveis para a população.

Fonte: Portal Grande Ponto