sábado, 7 de março de 2020

Ainda no dia de ontem (06), o pastor responsável pelo jovem que furtou o celular em Mossoró, esteve na delegacia de plantão, acompanhando o acusado, e fez um pronunciamento para que o nome do centro de tratamento de dependentes químicos a qual faz parte, não leve a culpa.

O pastor ainda conversou com a vítima do furto, o empresário da loja Eloah Cell, que retirou a queixa, e se entendeu no local. O suspeito confessou o furto e pediu desculpas. Veja o vídeo acima.