segunda-feira, 16 de março de 2020
A direção da Escola Estadual Coronel Solon, se reuniu na manhã desta segunda-feira (16), com os pais dos alunos da instituição para comunicar os motivos que levaram os funcionários a aderirem à greve.

Entre as reivindicações dos profissionais da educação, estão a solicitação do repasse 12,84%, do piso salarial para os professores, que segundo eles, o governo federal repassou para o estado, mas o estado até então, não encaminhou para a classe.

Base da informação: Raimundo Nonato