terça-feira, 11 de fevereiro de 2020
A II Unidade Regional de Saúde Pública (II Ursap) em parceria com as Secretarias Municipais de Saúde realiza de 10 de fevereiro a 13 de março a 1ª Etapa da Campanha de Vacinação contra o Sarampo, com o Dia ‘D’ de mobilização em 15 de fevereiro. Para os municípios jurisdicionados pela II Ursap foram disponibilizadas 18.000 doses. Existem em torno de 100 salas de vacinas. A equipe do Programa de Imunizações da II Ursap é composta pelos técnicos Jorge Mota, Lucinete Almeida, Odete Oliveira e Andreia Brito Aires. 

Segundo o técnico do Programa de Imunizações da II II Ursap, Jorge Mota, o objetivo da campanha é resgatar pessoas de 05 a 19 anos de idade não vacinadas ou com esquema de vacinação incompleto para o sarampo. A campanha será realizada de forma seletiva, de acordo com as indicações do Calendário Nacional de Vacinação, a partir da avaliação do cartão ou caderneta de vacinação deste público.

“Será utilizado como referência populacional para vacinação a estimativa de não vacinados contra o sarampo na faixa etária. A expectativa é que seja realizada a vacinação de no mínimo 95% deste público de não vacinados”, disse a técnica Lucinete Almeida. 

ATINGIRAM A META EM 2019

Os estados que atingiram a meta de vacinação contra o sarampo em 2019 foram Mato Grosso do Sul (115,92%), Alagoas (115,7%), Rondônia (114,4%), Paraíba (110,2%), Pernambuco (109%), Ceará (108,2%), Minas Gerais (112,4%), Espírito Santos (105,7%), Santa Catarina (105,4%), Paraná (102,8%), Tocantins (102%), Rio de Janeiro (101,7%), Sergipe (99%), Rio Grande do Sul (101,1%), Goiás (100%), Mato Grosso (97,2%), Amazonas (96,4%) e Rio Grande do Norte (96,2%).

“A responsabilidade da vacinação deve ser dividida entre o Poder Público, os profissionais de saúde e toda a coletividade. Todos devem trabalhar para que o país se livre do sarampo, e o único modo de nos proteger é manter as vacinas em dia. É fundamental que os gestores estaduais e municipais de saúde unam forças para evitar a circulação do sarampo. As vacinas são seguras e a população tem que acompanhar e apoiar a campanha”, destacou a gerente da II Ursap, Emiliana Bezerra Cavalcanti. 


Abdias Duque de Abrantes
Assessor de Comunicação Social
II Ursap MTB-PB Nº 604