11 de dezembro de 2019

Foi preso na manhã desta quarta-feira (11), em Guarulhos, no estado de São Paulo, o homem suspeito de matar a ex-namorada, Renata Ranyelle Almeida, de 23 anos, em São Miguel, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Ela foi baleada no rosto no dia 23 de novembro, dentro da loja em que trabalhava como vendedora, e morreu no dia 29, no hospital.

De acordo com a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, os investigadores potiguares repassaram informações sobre o suspeito, que acabou detido pelo grupo Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), da Polícia Civil de São Paulo.

G1