domingo, 27 de outubro de 2019
Cerca de 5 candidatos que não foram  eleitos para o cargo de Conselheiro Tutelar em Tibau, entraram com um recurso junto ao Ministério Público, pedindo a anulação do pleito, em virtude de várias irregularidades por eles apontadas, e que foram anexadas a petição, para que seja apurado e investigado.

Entre as irregularidades alegadas no documento, estão: suspeita de envolvimento político partidário, transporte irregular de eleitores, compra de votos, fraudes, e falta de logística necessária para  a eleição, sendo que alguns votantes tiveram que esperar mais de 3 horas, e isso fez com que várias pessoas desistissem.

Caso semelhante a esse, foi registrado no município de Macau, onde a justiça acatou o pedido do Ministério Público, e anulou a eleição, sob os mesmos argumentos acima citados.

O documento foi entregue na Promotoria de Justiça de Areia Branca, e protocolado no dia 14/10/2019.
Foto enviada ao blog
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Quais dos atuais vereadores de Grossos merecem ser reeleitos?
Carlos Lacerda (Cateca)
Alexandre Paiva
Antônio Gustavo
Francisco Richarlyton (Charlinho)
Bruno Gomes
Clorisa Linhares
Ianara Santos
Erasmo Carlos
João Carlos
Votar
resultado parcial...

Acessos

CONTATO DO BLOG

Telefone/Whats: (84) 9 8177-6707 Email: Contato@ofachodegrossos.com Facebook:  O Facho de Grossos © 2015 - 2019 - O Facho de Grosso...

NOS ACOMPANHE NO INSTAGRAM

COLUNA DO LÊNIN TIERRA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

COLUNA DO EMILIO OLIVEIRA

O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.