sexta-feira, 26 de julho de 2019
G1
Um celular foi apreendido na carceragem da 16ª Subdivisão Policial (SDP) de Campo Mourão, no centro-oeste do Paraná, após a polícia descobrir que um preso pediu indicação para comprar marmita em um grupo do Facebook, nesta quinta-feira (25).

A informação foi confirmada pelo delegado-chefe da SDP, Nilson Rodrigues da Silva. Segundo ele, o preso poderá sofrer sanções administrativa e penal.

Na postagem, o homem pede indicação de marmitaria boa e com preço justo, que entregue na delegacia. Não há comentários na publicação.

Conforme a polícia, não houve a entrega de marmita para o preso. Quinta-feira é dia de visita no local e, segundo a polícia, algum familiar teria que levar a comida para o detento.

A polícia não informou o porquê o homem, que ainda será ouvido, está preso. Um processo administrativo foi aberto para investigar o caso.