6 de julho de 2019
O estoque de soro antirrábico, para tratamento de ferimentos provocados por mordida ou lambedura de animais infectados pelo vírus da raiva, está zerado no Rio Grande do Norte.

Para realizar o tratamento em pessoas que foram contaminadas com o vírus, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) vem administrando imunoglobulina, mas alerta que o estoque também está crítico.

A subcoordenadora de Vigilância Ambiental da Sesap, Aline Rocha, relatou que o Ministério da Saúde, responsável por comprar e distribuir os produtos para os estados brasileiros, já sinalizou o envio de novas ampolas para o Rio Grande do Norte, mas não informou a data que a nova remessa será encaminhada.

“Esse é um problema que vem se arrastando por alguns meses e a previsão para que os estoques sejam regularizados é apenas em janeiro de 2020”, ressaltou Aline, destacando que essa é uma situação vivenciada em todo o país.