sábado, 30 de março de 2019
A Secretaria do Estado da Saúde Pública (Sesap) por meio da Coordenação Estadual de Imunizações realizou sexta-feira (29),às 8h30, no 12º andar do Prédio da SESAP da Reunião Técnica sobre a  21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza direcionada aos  responsáveis técnicos pelo Programa de Imunizações das Unidades Regionais de Saúde e dos municípios de Natal, Parnamirim, Macaíba, Extremoz, São Gonçalo, Ceará Mirim, Mossoró, Pau dos Ferros, Caicó, Santa Cruz, João Câmara e São José de Mipibu. 

A reunião foi comandada por Katiucia Roseli Silva de Carvalho da Coordenação Estadual de Imunizações. Da II Unidade Regional de Saúde Pública (II Ursap), com sede em Mossoró participaram os técnicos Jorge Mota e Lucinete Almeida.


A 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza terá início 10 de abril e será concluída em 31 de maio de 2019, sendo 04 de maio, o dia de mobilização nacional e visa  reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, na população alvo para a vacinação e atualizar a situação vacinal de crianças, gestantes e puérperas. No dia 10 de abril serão  vacinadas  crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas: todas as mulheres no período até 45 dias após o parto estão incluídas no grupo alvo de vacinação. 

No dia 22 de abril todos os grupos prioritários trabalhador de Saúde, professores: todos os professores das escolas públicas e privadas, povos indígenas: toda população indígena, a partir dos seis meses de idade, indivíduos com 60 anos ou mais de idade deverão receber a vacina influenza, apresentando documento que comprove a idade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independe da idade. 

A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um dos grupos prioritários contra influenza: trabalhadores de saúde, povos indígenas, crianças na faixa etária de seis meses a menores de seis anos (6 anos 11 meses e 29 dias), gestantes em qualquer idade gestacional, puérperas, indivíduos com 60 anos ou mais de idade. É importante destacar que nos últimos 3 anos a meta de 90% (BRASIL) não foi alcançada no grupo das Crianças e Gestantes 

DADOS

Segundo o Técnico Jorge Mota da II Ursap a estimativa populacional na 8ª Região de Saúde  composta por  doze municípios, com sede em Assu é de  42.361 pessoas e na 2ª Região de Saúde, composta por 14 municípios, com sede em Mossoró  134.889  pessoas. O público alvo  no Estado do Rio Grande do Norte representa   972.875 pessoas.

“A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, A estratégia de vacinação contra a influenza foi incorporada no Programa Nacional de Imunizações em 1999, com a finalidade de reduzir internações, complicações e mortes na população alvo para a vacinação no Brasil”, disse a gerente da II Ursap Emiliana  Bezerra Cavalcanti 





Abdias Duque de Abrantes
Assessor de Comunicação Social
II Ursap MTB-PB Nº 604

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acessos

NOS ACOMPANHE NO INSTAGRAM

COLUNA DO LÊNIN TIERRA

CONTATO DO BLOG

Telefone/Whats: (84) 9 8177-6707 Email: Contato@ofachodegrossos.com Facebook:  O Facho de Grossos © 2015 -2018 - O Facho de Grossos...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

COLUNA DO EMILIO OLIVEIRA

O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.