quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019
A II Unidade Regional de Saúde Pública (II Ursap), com sede em Mossoró mantém a adoção de medidas para economicidade e redução de gastos. Considerando a necessidade urgente de contenção das despesas públicas e otimização dos recursos, considerando que a gestão eficiente por meio do combate ao desperdício e a otimização da aplicação dos recursos públicos, contribui para a melhoria dos serviços públicos prestados à sociedade e considerando a necessidade de institucionalizar e integrar as ações de eficiência do gasto praticadas na Administração Pública Estadual, a gerente da II Ursap, Emiliana Bezerra Cavalcanti baixou portaria que estabelece medidas de racionalização e controle de gastos. 

A portaria institui medidas de redução de gastos no âmbito da sede da II Ursap, Laboratório Regional de Mossoró (LAREM), Banco de Leite Humano de Mossoró, Laboratório de Citopatologia e Unidade de Agentes Terapêuticos (UNICAT). 

De acordo com o ato deve-se utilizar correio eletrônico nas comunicações entre órgãos internos e externos. Estabelece a redução do consumo de copos descartáveis. É vedado o uso de veículos de serviço, aos sábados, domingos, feriados ou em horário fora do expediente do órgão em excursões e passeios de caráter particular em qualquer atividade de caráter particular como transporte a espaços de diversões, supermercados, estabelecimentos comerciais e de ensino, instituições bancárias, dentre outros. 

A adoção de medidas de contenção de despesas tem a finalidade de otimizar os recursos existentes e qualificar o gasto público, primando pela eficiência na gestão. Visa à conscientização e redução de despesas com energia elétrica, material de expediente, tefefonia e combustível. 

A boa gestão do gasto público permite a redução de desperdícios, possibilitando o aumento dos recursos disponíveis para o Estado atender melhor a população nas mais diversas formas. O controle de gastos e a aplicação correta dos recursos são pressupostos da administração em geral e, principalmente, da Administração Pública. 

“A ideia é implantar a cultura de economia, começando com o processo de conscientização dos nossos servidores para que tomem cuidados, por exemplo, com o consumo de energia elétrica, desligando ar condicionado, lâmpadas e com o desperdício de água e controle de ligações telefônicas. Com essas medidas, a II Ursap passa a integrar atitudes que tornam mais racional o uso dos recursos públicos no ambiente de trabalho”, disse a gerente Emiliana Bezerra Cavalcanti. 

Abdias Duque de Abrantes 
Assessor de Comunicação Social 
II Ursap MTB-PB Nº 604
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COLUNA DO LÊNIN TIERRA

NOS ACOMPANHE NO INSTAGRAM

Acessos

CONTATO DO BLOG

Telefone/Whats: (84) 9 8177-6707 Email: Contato@ofachodegrossos.com Facebook:  O Facho de Grossos © 2015 -2018 - O Facho de Grossos...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

COLUNA DO EMILIO OLIVEIRA

O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.