sábado, 7 de outubro de 2017
Na tarde de ontem, 6, horário em que a maré estava muito alta, foi registrado na Prainha de Grossos uma quantidade muito grande de óleo de motor nas águas do rio, principal via de acesso entre Grossos e Areia Branca.

Próximo a rampa onde estacionam as balsas, as águas chegaram a ficar com a cor preta em meio aos poucos mangues que por ali ainda resta.

Com a correnteza da baixa da maré, todo esse óleo seguiu para o mar, causando grande prejuízo ao meio ambiente, e aos pescadores que sobrevivem da pesca na área, e de lá tiram seus alimentos.

DG

Descarte incorreto de óleo lubrificante pode gerar danos irreversíveis à saúde e ao meio ambiente

Por vir do petróleo, o óleo já é tóxico e, geralmente, contém diversos tipos de aditivos que, em altas concentrações, potencializam seus efeitos contaminantes. Tudo isso sem contar que o manuseio incorreto do óleo lubrificante, além de carregar essa carga original, gera compostos perigosos para a saúde e o ambiente, tais como dioxinas, ácidos orgânicos, cetonas e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos. Ele também contém elementos tóxicos, como cromo, cádmio, chumbo e arsênio, oriundos da fórmula original ou absorvidos do próprio motor do equipamento.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EM QUEM VOCÊ VOTARIA PARA O GOVERNO SE A ELEIÇÃO FOSSE HOJE?

CONTATO DO BLOG

Telefone/Whats: (84) 9 8177-6707 Email: Contato@ofachodegrossos.com Facebook:  O Facho de Grossos © 2015 -2017 - O Facho de Grossos...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

Acessos

FAN PAGE

PESQUISE AQUI

COLUNISTAS

COLUNISTAS
EMÍLIO OLIVEIRA
O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.