segunda-feira, 7 de agosto de 2017

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé
WESAB( O empoderamento da mulher na agricultura sustentável e biotecnologia para terras secas) é um projeto de um grupo de investigadoras e estudantes da Universidade Ben Gurion (BGU) no campus do Sde Boker. O projeto é liderado por um grupo multicultural de cinco mulheres : A uruguaia Raij, as brasileiras Isabel e Daniela, a italiana israelense Natalie a a estadunidense israelita, Assaf.
A ideia é de levar o conhecimento e as tecnologias desenvolvidas no Negev e outras zonas secas do mundo, por mulheres e para mulheres e por mulheres. Este projeto apresenta uma plataforma de educação e rede de relacionamento para que lideres femininas possam ensinar, aprender e desenvolver seu potencial. Os objetivos da WESAB são promover soluções sustentáveis para a agricultura em zonas áridas, criar um foro de mulheres no tema e encontrar soluções locais para s desafios agronômicos nas zonas áridas e fazer cooperação internacional para promover agro práticas sustentáveis.

O primeiro passo deste projeto, começou com a exitosa cooperação entre a Universidade Bem Gurion e a Universidade Federal do rio Grande do Norte ( UFRN) em um congresso organizado pelos líderes da WESAB, entre outros, realizado em novembro passado. Neste congresso cujo tema principal foi: “ Sustentabilidade em zonas áridas, ignorando a diustância para conseguir melhores soluções”, se firmou um acordo entre as universidades com a intenção de começar uma colaboração acadêmica. Durante o evento , parte do grupo teve a oportunidade de visitar a comunidade rural de Trangola ( RN ), conhecer os habitantes e entender as necessidades locais. Esta visita gerou a ideia de fazer um curso com os pesquisadores e doutores do Campus do Sde Boker ( Israel) em Natal e Trangola, no qual estudantes de pós-graduação da UFRN participem de classes teóricas.

O curso “ Tecnologias Agro Hidrológicas e Sustentabilidade nas Zonas Áridas Rurais” vai ser ensinado principalmente por mulheres dos departamentos de agricultura, hidrologia, biotecnologia, física e sensoriamento remoto que viajarão ao Brasil vindos de Israel. Após a parte teoria os participantes poderão poir em prática o aprendizado em uma granja modelo nas instalações internas da UFRN e no assentamento de Trangola.

Através da parceria com a UFRN, instalações, alojamento e transporte e outras necessidades serão fornecidas pela UFRN.

A equipe da WASAB está lançando uma campanha na internet para arrecadar fundos para custear as passagens de Israel para o Brasil.

Com este empreendimento, já em caminho, não podemos deixar de lembrar as palavras de David Ben Gurion: “ É no deserto do Negev onde a criatividade e o espírito pioneiro de Israel será comprovado”.

Para mais informações: 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

Acessos

FAN PAGE

COLUNISTAS

COLUNISTAS
EMÍLIO OLIVEIRA

PESQUISE AQUI

O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.