terça-feira, 25 de julho de 2017
Como o próprio nome já diz, musculação significa trabalhar os músculos, e isso pode ser feito de muitas e diferentes maneiras. Normalmente, o objetivo de quem procura esse tipo de treino é, além de saúde, o ganho de massa muscular e definição corporal. Mas se você não faz parte do grupo de mulheres que agacha com mais de 100kg nas costas ou dos homens que fazem supino com quase todas as anilhas disponíveis na academia, não se preocupe, você também tem chance de alcançar bons resultados! De acordo com um estudo feito pelo grupo do professor de educação física, doutor em Ciência da Saúde e docente na Universidade Federal de Goiás, Paulo Gentil, não é preciso utilizar cargas pesadas ou qualquer tipo de carga para garantir hipertrofia.

Na verdade, o que o estudo feito com homens e mulheres treinados e não treinados sugere é que contrair um músculo sem carga externa produz ativação muscular suficiente para induzir um crescimento similar ao treino com carga pesada. Ou seja, o segredo do sucesso do treino de musculação estaria em contrair o músculo ao máximo possível, independentemente do uso de halteres, anilhas ou aparelhos para a execução do movimento.

– Parece que o músculo não está nem aí para quantas repetições você faz e quanto peso você pega. O músculo se preocupa com o que acontece internamente. Então, se você conscientemente parado fizer força para contrair o músculo ao máximo que conseguir, vai dar o mesmo estímulo que se você tivesse pegando peso. O peso, na verdade, só te obriga a contrair o mais intenso que você consegue. O que interessa é que no final você esteja fazendo o máximo de esforço possível. Você consegue por meio de um esforço máximo intencional sem pegar peso ativar a mesma quantidade de fibras que ativaria fazendo um exercício na musculação. Essa é a leitura que o seu corpo parece ter – explicou Paulo Gentil.

No entanto, Paulo reconhece que fazer isso não é possível com todos os exercícios, como no agachamento, por exemplo, por se tratar de um movimento que envolve várias articulações ao mesmo tempo.

– É difícil você parado num agachamento tentar contrair o quadríceps ao máximo. Mas você consegue trabalhar esse mesmo músculo fazendo outros exercícios – disse.

E se não é preciso usar cargas, na teoria, você também não precisa estar no ambiente da academia para trabalhar sua musculatura. A qualquer hora, em qualquer lugar, é possível fazer um trabalho de contração muscular e manter o seu corpo treinado.

– Você pode se exercitar de diversas maneiras em diferentes ambientes. Imagina que você está viajando ou que o clima está ruim, se você intencionalmente ficar contraindo o músculo, consegue estimulá-lo adequadamente.

De acordo com Paulo Gentil, essa é a ideia, fugir das regras fixas e antigas que envolvem o treino de musculação. Ele acrescenta que há estudos que falam até de ciclismo e caminhadas para gerar hipertrofia.

– A coisa é muito mais diversificada do que a gente imagina – comentou.

Portanto, não há mais desculpas para não malhar. Não tem tempo? Não tem força suficiente para pegar pesado? Não tem problema. Ainda assim você pode manter seus músculos em dia. Com um treino sem cargas você não vai virar nenhum Arnold Schwarzenegger ou Gracyanne Barbosa, por exemplo, mas ao menos vai garantir qualidade de vida, saúde e um corpo em dia.

– Claro que você não vai ficar enorme, virar fisiculturista fazendo isso, mas abre possibilidade para pessoas que querem se manter treinadas e com quantidade adequada de massa muscular – finalizou Paulo Gentil.

Globo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

Acessos

FAN PAGE

COLUNISTAS

COLUNISTAS
EMÍLIO OLIVEIRA

PESQUISE AQUI

O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.