domingo, 30 de julho de 2017
Por: Emílio Oliveira
Vivemos hoje num mundo que é totalmente dominado por pouquíssimos homens que infelizmente manipulam governos no nível dos três poderes, somente em benefício de seus espúrios e imundos interesses de classe. Muitíssimas pessoas inocentemente ainda acreditam que quem manda realmente nos diversos países são seus os governos locais. Ledo engano! Nem nos EUA que é a sede do império, esse fato realmente ocorre, pois ali, justamente ali, é onde estão essa meia dúzia de poderosos senhores que dão as cartas na economia e no poder de todo o planeta. 

Apesar dos EUA verborragicamente pregarem a defesa da democracia em toda parte, na verdade, a democracia para eles somente tem validade e é mostrada exaustivamente pela sua mídia manipuladora como exemplo, se ela defender os interesses maiores deles e de suas empresas multinacionais como um império que ainda são. Nos poucos países onde há realmente democracia politica e os interesses desses países e de seus povos são patrioticamente preservados, para eles se transformam em odientas ditaduras que em nome da falsa e relativa democracia que hipocritamente apregoam, precisa ser desmontada.

Quem está dizendo isso não sou eu não, mas um dos intelectuais mais respeitados do mundo atualmente e que é americano, o grande linguista Noam Chomsky em seu último Best Seller: Quem Manda no Mundo? Ele chega inclusive a afirmar que um dos ex-presidentes americanos, um seu compatriota, foi um dos maiores terroristas do mundo. Diz mais ainda que as ditaduras do Brasil, da Argentina, do Uruguai, do Chile e da Colômbia que originou as recentemente desmobilizadas FARCS, foram todas elas capitaneadas pelos EUA e suas empresas multinacionais com o auxílio da CIA e outros órgãos de inteligência daquele país.

Também no livro que foi escrito pelo confesso assassino econômico John Perkins e também no documentário que ele postou no YouTube, ele mostra claramente toda a sujeira praticada por ele e outros colegas de seu país em benefício único de suas poderosas empresas multinacionais contra a América Latina e suas frágeis democracias que, pela força do dinheiro da CIA e da violência incitada pela mídia aliada, foram simplesmente destruídas, culminando inclusive com o assassinato de alguns presidentes democraticamente eleitos em eleições livres pelo voto sagrado do povo de seus respectivos países.

Segundo ainda relato do próprio John Perkins, quando a mídia, o dinheiro da CIA francamente distribuído aos adversários que por interesses comuns se tornavam seus aliados e a pressão sobre esses presidentes eleitos não surtiam o efeito desejado não sendo suficiente para fazer a eles entregarem o seu petróleo, a sua mineração e outros interesses maiores cobiçados pelos EUA e suas insaciáveis empresas multinacionais, mandavam os chacais que são verdadeiros assassinos profissionais para matarem esses presidentes que patrioticamente pensavam primeiro nos interesses de seus países e de seus povos explorados e sofridos. 

Quem estiver realmente interessado nesse assunto e quiser comprovar que não estou inventando nada, basta ir ao YouTube e digitar: O Assassino Econômico John Perkins e em seguida dá um enter: que irá assistir um vídeo em HD, com mais de 29 minutos de crueldades praticadas contra os povos da América Latina e suas sempre frágeis democracias. Portanto, essa história que é mais uma estória de que eles são os arautos e defensores maiores da democracia no mundo, é uma piada totalmente sem graça porque, na verdade, o que eles defendem mesmo - a ferro-e-fogo -, são seus egoísticos e imperiais interesses políticos e econômicos. 

De antemão gostaria de afirma aqui que nunca fui e nem sou um antiamericano, até porque quando jovem sonhava em viver naquele país. O problema é que a gente vai envelhecendo, aprendendo e logo percebe o velho jogo da farsa dos impérios que já se estabeleceram neste planeta. Acho inclusive que os EUA ao invés de plantarem ódio nos países que dominam como estão fazendo, deveriam era utilizar-se de seu grande poderio econômico, militar e tecnológico para, pelo menos, tentarem minimizar a pobreza dos africanos de quem eles tão bem se utilizaram para montar a sua economia inicial baseado no trabalho escravo dessa pobre gente e também de toda a América Latina que, infelizmente, ainda a consideram e tratam como se fosse a latrina de suas casas.

Como é notório porque hoje todo mundo já sabe que a toda ação corresponde a uma reação igual e em sentido contrário, os EUA estão a cada dia que passa perdendo prestígio e admiração a nível internacional, e o que é pior, cada dia mais vêm contraindo o ódio dos povos de todos os continentes onde descabidamente interferem mais para prejudicar do que realmente para ajudar. Como a própria história humana registra, todos os impérios da terra no passado - porque plantaram dissenções e ódios -, veio à reação e todos eles desapareceram. É aquela velha história que o homem, infelizmente, ainda não conseguiu aprender: quem semeia ventos, colhe tempestades!...

Portanto, posso até está enganado, mas se os EUA com todo o seu monstruoso poderio mudassem de atitude e resolvessem ajudar a todos os seres humanos mais pobres do planeta a evoluir social e economicamente, eles estariam fazendo toda a humanidade prosperar bem mais rápido, fato que os levaria rapidamente a conquistar o respeito, a simpatia e até mesmo o amor da maioria absoluta de todos os povos até agora oprimidos em seus valores, sua cultura e suas economias. 

Ante o exposto, ninguém me tira da cabeça que o golpe contra a Dilma acrescido de tudo o que está acontecendo atualmente no nosso tão amado Brasil, está vindo justamente dos interesses de lá, pois onde eles interferem política e economicamente, a cartilha é sempre a mesma: retirar direitos dos trabalhadores adquiridos através de renhidas lutas do passado e repassá-los em forma de lucros exorbitantes as suas empresas multinacionais e seus aliados internos, diminuir os salários dos trabalhadores, aumentar impostos, reformar a previdência social para entregá-la de bandeja aos bancos privados, vender as estatais estratégicas para o desenvolvimento do país a preço vil e entregar o Banco Central nas mãos dos bancos privados.

E o pior dessa vergonhosa agenda exploratória é que eles jogam tudo isso na mídia que manipulam ao bel prazer de seus interesses e cinicamente apresentam ao povo quase sempre desinformado e alienado, o vergonhoso cardápio puramente excludente, como se fossem realmente medidas urgentes, necessárias e indispensáveis para o país sair da crise que eles mesmos o colocaram.

Por que será enfim deram o golpe, hein? Primeiro para retirarem a Dilma e eles não correrem o sério risco do Lula voltar em 2018 e consolidar ainda mais a relação com os BRICS, fortalecer o Pré-Sal, explorar a Biodiversidade da Amazônia para nós mesmos, estatizar a mineração do nióbio, garantir o Aquífero Guarani como um patrimônio verdadeiramente nosso e, por último, fortalecer a nossa maior empresa de construção civil que é a Odebrecht, a qual, antes da operação lava jato, competia em igualdade de condições com as deles em todos os setores de tecnologia de ponta no que diz respeito à construção civil, pois a Odebrecht, antes do seu criminoso desmonte, era a nossa pedra no sapato deles. 

· Os BRICS, têm um gigantesco mercado de aproximadamente três bilhões de consumidores, além de alta tecnologia em quase todos o setores de ponta da indústria eletroeletrônica que, de acordo com as condições de contrapartida estabelecidas entre aqueles respectivos países, pode perfeitamente ser repassadas a seus parceiros; 

· O Pré-Sal é o maior depósito de petróleo bruto que se tem notícia no planeta e o Brasil em apenas quatro anos desenvolveu tecnologia suficiente para prospectar petróleo a sete mil metros de profundidade, enquanto todas as outras petroleiras internacionais com quem a Petrobras compete, somente conseguem fazê-lo no máximo a 3 mil metros; 

· O mundo todo está de olho na Biodiversidade da Amazônia que é a maior e a mais variada do planeta Terra e que, segundo cálculos de alguns especialistas do ramo, vale hoje mais de 50 trilhões de dólares, além da água doce que possui e o império não pode permitir que toda essa riqueza seja explorada por um simples país periférico, o qual pode perigosamente na dominadora visão deles, se aproximar em desenvolvimento econômico e social do grande império; 

· A mineração estratégica brasileira não deve e não pode ser totalmente estatizada e os seus benefícios serem utilizados unicamente pelo nosso povo, pois somos o maior produtor de nióbio do mundo e o império não pode permitir que no futuro possamos liderar o comércio desse produto altamente estratégico, visto possuímos 98 % da reserva do planeta e ele é um mineral hoje indispensável para a construção das futuras naves espaciais interplanetárias, interestelares e intergalácticas;

· O Aquífero Guarani é um dos maiores reservatórios de água doce do planeta e, portanto, precisa ser urgentemente confiscado pelo império, visto ser a água doce o fator mais limitante e indispensável de produção e, portanto, o mais importante desse terceiro milênio;

· E finalmente, por que será que estão de forma tão açodada destruindo a Odebrecht? Porque ela era uma das maiores empresas de construção civil do mundo e que competia em igualdade de condições, qualidade dos serviços e com preços até mais acessíveis do que as outras grandes construtoras internacionais como, por exemplo, a grande Halliburton que, coincidentemente, pertence ao ex-vice-presidente do ex-presidente Obama dos EUA. A Odebrecht, com toda a sua eficiência e dinamismo vinha sendo, antes do seu criminoso e antipatriótico desmonte, uma incomoda pedra no sapato das outras grandes construtoras civis internacionais.

Posso até está delirando como certamente dirão alguns, ou mais desavisados ou até mesmo interessados nesse criminoso processo de desmonte de nossas vitais empresas de construção civil e também de nossa indústria de base que está sendo simplesmente destruída pela indiferença inconsequente e antipatriótica de alguns inimigos do nosso país e de seu povo sofrido que, infelizmente, por interesses alheios, traiçoeiros e não republicanos, foram catapultados ao poder de uma forma aparentemente democrática, mas vergonhosa, como toda a nação pateticamente assistiu pela televisão.

E tudo isso foi insanamente perpetrado debaixo de aplausos e palavras de ordem postas na boca da classe média brasileira pela mídia descomprometida com a verdade que a fez ir às ruas do país inteiro pedir o impeachment da Dilma, enquanto nos bastidores, a própria mídia, ria e zombava da inocência com que essa gente que pensa, sente e age com a cabeça da plutocracia estava sendo manipulada para interromper a nossa mais duradoura democracia de toda a nossa história como país. 

Hoje, quando a classe média brasileira finalmente conseguiu acordar do sonífero que lhe foi maquiavelicamente receitado e aplicado pela mídia alienante, envergonhada pelo que insanamente fez ajudando a esfacelar aquela nossa ainda tão tenra democracia, não vai mais às ruas do país para protestar agora sim com motivos mais que verdadeiros contra os horríveis escândalos denunciados à justiça pelo próprio procurador geral da república e que foram praticados em desfavor da administração pública federal. 

O país todo se encontra estarrecido ante as vergonhosas manobras do poder executivo e legislativo para barrar uma investigação do poder judiciário contra o presidente da república que a nossa ainda despolitizada classe média foi levada a acreditar que, retirando a Dilma do governo que o povo brasileiro na expressão de sua maioria democraticamente lhe outorgou, acabaria com a corrupção de vez nesse país. Quanta inocência!

O pior é o que está vindo aí e parece que a classe média também ainda não entendeu. O massacre ainda nem sequer começou, pois estão sendo urdidas na calada da noite as mais significativas mudanças que prejudicarão a quase todos os trabalhadores desse país, com exceção apenas dos poucos plutocratas a quem estes que estão no poder realmente servem. Está próximo o dia em que a classe média brasileira vai entender de vez toda a besteira que fez, pois está vindo aí dessa turma de lesa pátria a reforma da previdência que tem somente dois objetivos.

Primeiramente, empurrar a classe média para a previdência privada deixando-a totalmente desprotegida nas mãos dos bancos privados; e depois desvincular o salário mínimo dos que hoje recebem benefícios menores, fato que, com o passar do tempo, vai transformar os benefícios em apenas uma simples ajuda de custo para não morrerem totalmente de fome. E é justamente essa a crueldade maior que está por trás dessa tão propalada reforma da previdência social. 

A classe média brasileira que é uma das que paga mais impostos no mundo, já foi empurrada para pagar o estudo da escola privada dos filhos, da segurança privada de suas casas, dos seguros privados que supostamente em possíveis prejuízos lhe garante o ressarcimento do valor perdido, e tudo isso porque simplesmente não confia que o governo lhe garanta o seu futuro e de sua família e também a segurança de seu patrimônio.

Agora mesmo, para não ter que passar necessidades na velhice continuando na previdência pública que estão criminosamente tentando desmontar, vai ter que também se obrigar a pagar a sua previdência privada. O perigo desse jogo migratório ancora-se em pagar por anos e anos a fio e quando finalmente chegar o tempo de receber a merecida aposentadoria se deparar com a péssima noticia de que o banco onde foi depositado os recursos simplesmente quebrou, fato que, vindo do sistema capitalista, não deixa de ser uma possibilidade. A não ser claro, e isso é o desejável, que se introduza no contrato inicial uma clausula garantindo que - no acaso de o banco depositário das contribuições quebrar -, o tesouro nacional garantirá o pagamento integral da aposentadoria. 

Emílio.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EM QUEM VOCÊ VOTARIA PARA O GOVERNO SE A ELEIÇÃO FOSSE HOJE?

CONTATO DO BLOG

Telefone/Whats: (84) 9 8177-6707 Email: Contato@ofachodegrossos.com Facebook:  O Facho de Grossos © 2015 -2017 - O Facho de Grossos...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

Acessos

FAN PAGE

PESQUISE AQUI

COLUNISTAS

COLUNISTAS
EMÍLIO OLIVEIRA
O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.