domingo, 16 de abril de 2017
Por: Emílio Oliveira
Eu, o CRISTO, venho por meio do Canal destas CARTAS porque não posso voltar em forma corpórea. – ou adquirir personalidade humana novamente, - uma vez que resido em, e sou eu mesmo constituído de tão finas e elevadas frequências vibratórias de consciência, que nenhuma forma humana poderia conter a minha consciência espiritual.

Meu único modo de alcançar você tem sido por meio de um ser humano sensível, clariaudiente, obediente e dedicado a “Deus”, nascido para ser o Canal através do qual eu poderia observar o tumulto da vida ativa e os eventos mundiais. 

Assim pude examinar intimamente o conflito e a dor atual, desconhecidos nos séculos passados, pois as descobertas científicas e tecnológicas e a diminuição dos valores morais e convencionais têm levado a humanidade a condições altamente estressantes na vida moderna e a novas maneiras de relacionarem-se uns com os outros. 

Através do Canal dessa mente flexível, a condição humana moderna se tornou, até certo ponto, acessível para mim. Sem esse conhecimento da experiência humana, essas Cartas não poderiam ter sido escritas de uma forma útil para auxiliar a humanidade nestes tempos difíceis.

O processo de tomada parcial de sua consciência começou antes do seu nascimento e continuou durante a juventude e o longo de toda a sua vida. Meu “Canal” iniciou pela completa desprogramação de sua mente e purificação dos velhos conceitos e foi deliberadamente submetida a todo tipo de experiências humanas, testemunhando as lutas e os sofrimentos envolvidos na vida moderna.

Com minhas instruções, ela superou numerosos abismos de aflição, culminando com a morte do seu ego e da escravidão mental/emocional do materialismo. Ela está aprendendo a mover-se nas frequências de consciência do amor universal e já teve a experiência pessoal da Realidade da CONSCIÊNCIA UNIVERSAL.

Assim, ela vem sendo suficientemente purificada para receber cada vez mais claramente meus ensinamentos e para distribuí-los ao mundo. Sob a minha influência, retirou-se da vida social para a solidão e isolamento, tornando-se dependente de mim para a sua vontade de viver cotidianamente.

Eu trabalho através da sua total disponibilidade para receber minhas palavras, sempre que as energias cósmicas e as de sua própria consciência permitam receber-me e ouvir-me. Confio na sua honestidade e dedicação para esperar ouvir-me com exatidão e sempre faço com que ela saiba claramente quando sou eu quem fala. Até que eu fale, ela é incapaz de escrever. 

Conto isso para que você possa compreender quais têm sido as energias da Consciência Crística que deram forma a estas Cartas. Venho nesta Carta para unir os fios de minhas Cartas anteriores e para apresentá-las em um Contexto Mundial, mostrando como estes ensinamentos são relevantes para cada aspecto de sua vida terrena bem como para todas as nações. 

Estas cartas destinam-se a ser o ímpeto – o estímulo, para a abertura de sua mente e de seu coração em direção à Fonte do Ser e, finalmente, a tornarem-se o meio perfeito para compreender os efeitos, em cada faceta de sua existência terrena, do pensamento e do comportamento individual e de massa.

No passado, as leis dadas como normas para o comportamento nacional se dirigiam principalmente a: Vocês não devem... se vocês fizerem – o castigo será esse. As verdadeiras leis espirituais são inteiramente diferentes. 

As leis espirituais são expressas dessa forma: uma vez que você e o lugar de sua existência terrena foram criados desta maneira... se você trabalha em harmonia com as Leis de Sua Existência...você abrirá seu sistema inteiro de alma, mente, emoções, corpo e circunstâncias pessoais para o fluxo constante da Consciência Divina, sua Força Vital. Os frutos do seu comportamento disciplinado retornarão para abençoá-lo e torná-lo cheio de saúde, harmonia e prosperidade.

Se, por outro lado, você ignora as Leis da Existência e continua vivendo da mesma maneira que vivia antes de ter recebido esta mensagem, então a sua vida continuará sendo marcada pelo tumulto, condições climáticas difíceis, pragas nas colheitas, desastres econômicos, privação de alimentos e uma vida estressante.

Eu tenho falado através destas Cartas - expressamente - para que você alcance um verdadeiro e constante estado de paz mental, amor espiritual, alegria e cura interior da mente, das emoções e do corpo físico.

Você já deve ter compreendido que este era também o único propósito que existia por atrás da minha missão com as pessoas na Terra – mostrar como elas mesmas estavam criando a sua própria miséria. As igrejas cristãs vêm ensinando que você foi criado por “Deus”, que deve adorar e agradar a “Deus” respeitando as suas Leis. Mas isso não é verdade. Adorar a Deus é um rito puramente pagão.

Quando as pessoas adoram a Deus o colocam em separado e acima delas – inalcançável e para ser temido – pois quem sabe que mal Ele poderá enviar a Terra se as pessoas não agirem de acordo com a sua vontade! 

Porém, essa não foi à mensagem que eu trouxe a Terra. Eu falei do “Pai” que satisfaz todas as necessidades, que responde quando é chamado, que cura quando pedimos para fazê-lo, que está “dentro das pessoas” ao mesmo tempo em que é transcendente a elas, o que significa que ele é o Criador e Universal. 

A religião Judaica ensinava que somente os Sumos Sacerdotes poderiam aproximar-se do “Santo dos Santos” e fazerem súplicas pelo povo. A população só poderia aproximar-se de Jeová através dos sacerdotes, trazendo pássaros e animais para que fossem oferecidos em sacrifício, queimados para apaziguar a Jeová pelo pecado das pessoas. Através desses meios, os Judeus obtinham o “perdão dos pecados”. 

Eu ensinei repetidas vezes às pessoas que elas recebiam o perdão do “Pai” para os seus pecados segundo a sua própria boa vontade para perdoar os outros, pois seria dado a elas de acordo com a sua própria “semeadura”. Eu também ensinei as pessoas a se aproximarem do “Pai” diretamente e a rezarem de forma simples, pedindo aquilo que necessitassem para as suas vidas.

Assegurei que elas seriam ouvidas e as suas súplicas respondidas, desde que fossem feitas com fé total, sem nenhuma dúvida em suas mentes. Você deve compreender que tudo o que ensinei aos Judeus estava em conflito direto e em oposição ao que os seus Anciãos Religiosos ensinavam e foi esse o motivo pelo qual os sacerdotes me odiaram – e me crucificaram, uma vez que eu estava roubando os seus exaltados cargos de “guarda-costas” do Todo Poderoso.

Devido aos tempos das represálias depois da minha morte, os discípulos não se libertaram completamente do Antigo Testamento. Assim, muito do que existe no Antigo Testamento foi passado para a religião “Cristã”. Como alternativa ao sacrifício de animais que eu condenava, o corpo e o sangue de “Jesus”- o meu sangue - são oferecidos pelos sacerdotes no altar.

Após muitos anos e de Roma assumir o posto de protetora da religião “Cristã”, assim como os sacerdotes Judeus já haviam feito antes, também os sacerdotes “Romanos”, se vestiram com caríssimas roupas e utilizaram acessórios de prata e ouro para as cerimonias religiosas. Nos tempos de Paulo, isso teria sido inconcebível. Ele tinha uma mensagem simples de salvação pela minha morte na cruz, embora não tenha sido a mensagem que eu trouxe aos meus compatriotas da Palestina.

Ele estava perpetuando uma tradição Judaica de sacrifício do outro para pagar pelos seus próprios pecados. Que vergonhosa covardia! Ainda assim Paulo realizou um grande serviço pela humanidade ao dar início a um movimento que seria um meio de abençoar a todas as raças igualmente. Ele delineou um modo de pensamento e conduta diária que trazia harmonia às vidas daqueles que procuravam viver de acordo com os seus tradicionais ensinamentos.

É bem provável que alguns Judeus tradicionalistas, vociferando outra vez, hostilizem as minhas palavras nesta segundam vinda. Eles se ressentirão de minha constante referencia à antiga prática Judaica de sacrificar animais e pássaros nos templos para agradar a Deus e obter o perdão dos pecados.

Porém, sejam quais forem as suas objeções, o fato histórico continua sendo que o Templo era um lugar para oferecer sacrifícios e que o cheiro era sentido em toda a Jerusalém. E durante todo aquele tempo eu sabia que o edifício do Templo era dedicado a um mito, uma invenção da imaginação do homem, uma tosca racionalização daquilo que a mente humana não podia compreender espiritualmente. 

Eu estava lá! Senti as pedras quentes debaixo de minhas sandálias e o sol sobre minha cabeça. Eu discuti com os Fariseus, suportei as suas risadas e piadas com certo divertimento e observei-os enquanto ensinavam de maneira dogmática uma forma de vida opressiva, de contínua obediência às tradições sem valor relacionadas a comer e beber, as quais eram totalmente desnecessárias!

Eu estava lá! Às vezes, meu divertimento acendia uma faísca de travessura em minha mente e fazia com os Fariseus o mesmo tipo de piada analítica pelos seus hábitos pessoais, suas roupas pomposas e suas leis, assim como eles fizeram comigo e com os meus ensinamentos. É um tolo, diziam aos gritos ridicularizando a minha afirmação de que o “Reino de Deus” estava e está dentro das pessoas.

Eles indagavam? Diga-nos - como pode “Deus” estar dentro de uma pessoa? Usando uma chuva de argumentos pejorativos, invocavam os profetas e comparavam seus conceitos do Todo Poderoso Jeová com as minhas descrições do “Pai” simples que se importava até mesmo com os pássaros. 

Como poderia ser isso, perguntavam, se as aves eram sacrificadas regularmente no Templo para pagar os pecados dos homens? Moisés teria estabelecido tais práticas sagradas de sacrifícios com o fogo, se as aves e os animais tivessem alguma importância aos olhos do Todo Poderoso?

Eu ficava impassível diante de seus ataques verbais. Eles só tinham a convicção da tradição Judaica para apoiar as suas afirmações – enquanto minha mente havia sido impregnada com o verdadeiro conhecimento da existência em si, durante as minhas experiências iluminadas no deserto. 

Foi me dada à compreensão da universalidade e da BOA VONTADE criadora do “Pai” que me permitiu perceber e fazer coisas que nenhum Sumo Sacerdote, Fariseu, Saduceu ou Escriba jamais poderia fazer. Uma vez que eu compreendia a natureza de nossa FONTE do SER, poderia com confiança impor minhas mãos sobre um homem paralítico e levantá-lo, restituindo a sua plena saúde.

Quem poderia comparar esses conhecimentos com as ridículas leis tradicionais dos Sacerdotes? Os Sacerdotes, os Fariseus e todo o resto desses religiosos embusteiros sabia que nenhum deles poderia fazer tais coisas e, por essa razão, odiaram-me quando desafiei sua autoridade, detestaram-me pela minha força diante da oposição e insultaram-me por atrair multidões quando alguma cura era feita e ninguém poderia negar.

Ali estava, em plena luz do dia para que todos pudessem ver, um ato de amor que os Sacerdotes Judeus asseguravam que somente Deus poderia fazer – portanto, eu deveria ser filho de Satanás! E ainda mais, não viam a cura como um ato de amor, mas como uma inexplicável blasfêmia e usurpação do papel de “Deus”. 

Acusaram-me de vangloriar-me dos meus poderes mágicos, mas não podiam dizer como eu havia adquirido tais poderes e, portanto, decidiram que eu deveria ser um filho de Belzebu. Agora que expliquei a situação, deve ficar claro para você que lê estas palavras – como era claro para mim naquele momento na Palestina – que a hierarquia inteira do Judaísmo era composta por homens autocentrados, confusos e cheios de auto importância que viveram unicamente de acordo com as suas normas e leis. 

Quando desafiados a usar suas mentes e cérebro, não puderam lidar com isso e caíram em espasmos emocionais de virulenta indignação. Era de se espantar que no momento em que fui levado ao conselho para o “julgamento”, mantivesse a tranquilidade e negasse a me comunicar com mentes tão obtusas? 

Sim, realmente estive ali na Palestina, há dois mil e dezesseis anos. Vivi entre os homens e mulheres simples que haviam sido ensinados a temer Jeová de uma maneira muito real e que estavam obcecados com o pagamento dos sacrifícios na fogueira, para afastarem o castigo imposto pelos seus pecados.

Eu fui criado e doutrinado no medo de Jeová, - mas havia nascido para despertar os Judeus do seu longo sono de mitos e falácias – para livrá-los de sua opressiva história de guerras e derramamento de sangue, de disputas e discussões, da exigência de uma cabeça pela perda de um olho, do esconder e varrer para baixo do tapete os pecados que não tinham importância se não fossem descobertos, então todo o peso da Lei Mosaica cairia sobre a cabeça do pecador sem compaixão ou misericórdia, nem sequer um pensamento hesitante sobre as verdadeiras circunstancias que envolviam a transgressão. 

Como eu havia nascido com a sagrada missão de tentar abrir as mentes e os corações dos Judeus à Realidade que deu a eles a vida e o ser, desde pequeno rejeitei os ensinamentos Judaicos. Algo profundo e secreto do meu instinto espiritual rebelava-se contra a antiquíssima intensão Judaica de deixar que outro ser vivo carregasse a responsabilidade e pagasse o preço pela sua própria teimosia e pecado.

Mais do que isso, eu não podia aceitar que um “Deus”, que supostamente havia criado tal mundo maravilhoso, se alegrasse com o sacrifício pelo fogo de parte de sua própria criação, a qual ele provia abundantemente. Era-me impossível ter respeito por tais crenças e práticas sem lógica. Depois da iluminação no deserto, cresceu apaixonadamente mais ainda em mim a rejeição às tradições Judaicas.

Da mesma forma que vim num corpo físico há mais de dois mil anos atrás para resgatar a nação Judaica de um monumento de práticas religiosas artificiais, opressivas e inventadas pelos homens, venho agora através do Canal destas Cartas, já distribuídas no mundo inteiro. Venho para deixar absolutamente claro que a “Religião Cristã”, de nenhuma forma reflete a minha verdadeira mensagem CRÍSTICA, nem como eu a havia ensinado na Palestina, nem neste momento, no qual as Cartas provocarão a fúria e a condenação dos “Cristãos” ortodoxos.

A Religião Cristã, tal como se apresente neste momento, é simplesmente uma miscelânea de pensamentos confusos provenientes das recordações seletivas dos meus discípulos, das conceituadas pregações de Paulo e de outros escritos antigos. Mais tarde, quando faltava ao Cristianismo o efeito visual impactante dos deuses e deusas romanos, a Religião Cristã foi ornada com recursos “teatrais convenientes” para impressionar aqueles que o Império Eclesiástico de Roma desejava atrair para o seu cercado.

Posteriormente esse império impôs às pessoas crédulas tributos monetários ainda mais injustos do que os impostos exigidos pelo secular Império Romano sobre as nações conquistadas. Nem mesmo César exigia pagamento para que as almas ganhassem a sua entrada no céu! 

Talvez você se pergunte por que sou tão explicito em minha repulsa ao “Judaísmo” e ao “Cristianismo”. É vital para o sucesso da distribuição de minha MENSAGEM CRÍSTICA, que as pessoas compreendam plenamente a verdadeira natureza das religiões que mantiveram a humanidade presa em suas garras até o século vinte. Enquanto não se derem conta das bases míticas nas quais edificaram todas as suas convicções, será difícil para as pessoas se livrarem das suas crenças tão amadas.

Por favor, entenda que, quando faço tais afirmações me refiro à “Religião Cristã”, aos princípios da fé, ao dogma e à teologia. Não me refiro àquelas grandes almas espirituais que buscaram e continuam buscando a Deus e a Verdade para além do dogma e das crenças. Muitas dessas pessoas têm recebido a minha inspiração em suas mentes e corações, mas têm medo de deixar suas preciosas crenças. Estão bloqueadas pelas práticas religiosas.

É chegada a hora para que se desprendam delas e cresçam em espiritualidade e compreensão de sua verdadeira FONTE do SER e para que levem também as suas congregações com elas. Às Igrejas Cristãs de todas as denominações, digo: Despertem! É chegada a hora de despertarem de um longo e artificial sono em que a razão foi suprimida pelas tradições hipnóticas emocionais. 

Estas foram transmitidas através dos séculos por uma sucessão de pessoas reivindicando serem a autoridade mais elevada sobre tudo o que eu ensinei na Palestina. Não tenha medo das consequências se você examinar as suas crenças passadas e quiser limpá-las de seu pensamento,

Desfaça-se das teias das ilusões e PENSE! Quando os pregadores cristãos aceitarem plenamente que Eu, o Cristo - retornei verdadeiramente para falar com as pessoas do mundo inteiro “como um raio iluminado do Oriente ao Ocidente”, e estiverem dispostos a ensinar a minha verdadeira mensagem em seus púlpitos, verão suas igrejas se encherem novamente de pessoas ansiosas por encontrar e estabelecer contato com a Realidade que os levará a viver em total harmonia com a VERDADE de seu SER.

Por outro lado, vocês pregadores da religião que deliberada e egocentricamente continuarem a ensinar o dogma do “Cristianismo” para manter as “aparências” e os seus salários, verão sua religião morrer de morte natural durante os próximos trinta anos e serão abandonados pelas suas congregações que já estão sentindo que as suas palavras são apenas palavras – nelas não há verdade e nem vida espiritual.

Vocês verão suas igrejas tomadas por aqueles que perceberem que Eu mesmo de fato voltei à humanidade para mostrar o caminho para encontrar o “Reino dos Céus” e nele entrar. Também haverá aqueles cujas posições de autoridade estarão ameaçadas pelas Cartas de Cristo – minhas cartas. Existirá uma oposição poderosa. Haverá calúnias de todo tipo através de todos os meios de comunicação por pessoas que não têm escrúpulos para provocar a ira e o descredito do público e ganhar dinheiro com o sensacionalismo destrutivo e vingativo. 

Quero dizer que, quanto maior for o alvoroço mundial, maior será a velocidade com minhas Cartas alcançarão e convencerão àquelas pessoas que estão cansadas das antigas crenças e que por fim ouvirão a simples VERDADE do SER. Elas rapidamente responderão ao seu amor e ao chamado para que deixem os níveis inferiores da consciência humana e para que iniciem a sua ascensão rumo aos níveis espirituais mais elevados, onde começarão a experimentar o primeiro influxo de paz e contentamento interior.

Haverá conflitos em toda a indústria do espetáculo, pois mais e mais pessoas reconhecerão – e se voltarão contra – a violência e a degradação com a qual toda a sua consciência mental, emocional e corporal tem sido alimentada por “DEGENERADOS” obcecados pela ideia de fazer fortuna. Esses vampiros espirituais compreenderam a estranha fascinação pelo profano e pelo macabro de pessoas ignorantes que vêm sendo enfraquecidas com a segurança, o conforto e o luxo do século vinte e que já não encontram nenhuma satisfação em si mesmas. Elas necessitam de excitação para estimular sua consciência esgotada.

Se a vida das pessoas fossem verdadeiramente tão horrível como são aquelas mostradas nos programas de entretenimento a que elas assistem diariamente, dariam as constas às suas telas em busca de algo mais bonito e tranquilo para descansar seu sistema nervoso torturado. E se você refletisse com sinceridade sobre as condições atuais de sua vida, perceberia que está já se transformando em uma amedrontadora imagem-espelho do que toda a indústria do espetáculo deu a você nos últimos cinquenta anos.

As pessoas vêm sendo alimentadas com os piores cenários possíveis pelo cinema, TV, livros e a mídia sensacionalista e se queixam de que a sensação de segurança de que antes desfrutavam agora foi destruída. Vejo as pessoas na Terra atualmente protegidas por trás de cercas elétricas, muros altos, vigiados por guarda-costas que traiçoeiramente assassinam as pessoas que estão sob os seus cuidados.

Vejo homens e mulheres que antes caminhavam sem medo à noite pelas ruas das cidades e pelas trilhas nos campos, agora se trancarem atrás de portas de segurança – temerosos dos mais desprezíveis e brutais ataques. Vejo povos traumatizados e expulsos pelos seus próprios compatriotas. Vejo o genocídio, revoluções, bombardeios, assassinatos e matanças gratuitas de todo tipo.

Os que são assassinados passam para as suas próximas existências ainda traumatizados pelo choque da morte inesperada. Eu os vejo e os auxilio se eles são capazes de me ver e receber. Muitas e muitas pessoas estão longe de estar preparadas para passar a uma forma de existência mais elevada e, portanto, permanecerem nas sombras até que se libertem através do renascimento.

A vida na Terra transformou-se no inferno que vocês descrevem na televisão, nos cinemas, e na literatura. Por que? Porque a chamada “cultura” civilizada permite que a brutalidade, em todas as suas formas pervertidas, entre nos lares por meio de sua televisão, produzindo o estímulo, a excitação e a violência. Vocês assim o quiseram – e assim o tem na sua forma mais real – em suas próprias experiências diárias. Ninguém está imune a estes males que vocês fizeram recair sobre vocês mesmos. 

Você se espanta que Eu o Cristo, tenha vindo neste tempo para explicar diretamente a você o que você tem feito consigo mesmo? Como seria possível para alguma encarnação espiritual de AMOR permanecer alheia a tal agonia do espírito humano e deixar de prestar ajuda quando a ajuda é possível? Como já disse antes, não estou sozinho em meu trabalho. Enquanto falo por meio destas Cartas, eu falo por todos os outros Mestres. 

Cada Mestre - está auxiliando àqueles que seguem os seus ensinamentos na Terra. E cada Mestre está chamando seus seguidores para que leiam, prestem atenção, rezem com o fim de poder absorver a VERDADE que existe nestas páginas, esforcem-se para purificar seus pensamentos e ações e se transformem na personificação do amor para todos. Estas Cartas desencadearão um tempo de mudanças.

Quando as pessoas despertarem verdadeiramente para o que tem sido feito com as suas consciências em todo o mundo pelos magnatas ambiciosos, inescrupulosos e degenerados, elas sentirão muita raiva. O público começará a reconhecer as formas insidiosas e distorcidas pelas quais vem sendo seduzido para que infalivelmente caia nas redes da abominação.

E Eu, o Cristo, devo dizer que quando isso acontecer você não achará a palavra “abominação” antiquada e fora de moda. Você perceberá claramente a diferença entre as formas – palavras – de consciências vivificantes e os padrões de consciência destrutivos. Você irá se rebelar e nacionalmente chamará as “formas de consciência” destrutiva – de abominações.

Os pais verdadeiramente amorosos e conscientes elevarão sua voz particularmente contra a forma atual de entretenimento e impedirão que seus filhos continuem assistindo à decadência da linguagem desagradável e emotiva, a violência desenfreada, o sexo promíscuo e emocionalmente superficial – tudo isso que é atualmente oferecido nas telas nos livros, nas músicas e em outros meios de comunicação.

A sua sociedade está repleta destas criações de consciência, baixas e desprezíveis, que são transferidas para as vidas e atitudes humanas. Os pais também perceberão que uma vez que as FORMAS de CONSCIÊNCIA criadas nas mentes de seus filhos são as bases em constante expansão para a vida futura deles como adultos, deverão começar a pesquisar os VALORES ÉTICOS ensinados nas escolas. 

Os pais não se preocuparão mais com as religiões ensinadas nas escolas, pois estas interessarão apenas a uma minoria, mas estarão seriamente interessados no tipo de filosofia para a vida, nas atitudes, nas reflexões, nos conflitos e nas afirmações apoiadas ou toleradas nas escolas do futuro – tanto pelos professores quanto pelos alunos. 

Grupos se reunirão para criar pequenas escolas fundamentadas nestas Cartas, já que o velho material baseado em dados objetivos será considerado obsoleto e abandonado. A ênfase estará no ensino dos idiomas, das artes, da lógica, da arte da comunicação eficaz e inspirada, do desenvolvimento da imaginação criativa e construtiva, da matemática, das ciências e das habilidades manuais. 

Os programas de ensino serão centrados no desenvolvimento da capacidade de distinguir o mito da verdade, para que se possa perceber claramente os valores mais elevados a serem adotados e apreciados e a maneira mais produtiva e de aplicá-los na vida, - a fim de melhorar as condições pessoais, as da nação e as do mundo em geral. 

Também se ensinará às crianças a serem mais competentes naquelas ciências e habilidades manuais que as tornarão capazes de trabalhar com alegria e com sucesso no campo da atividade que escolherem. As crianças serão acompanhadas com uma nova aura de atenção e amor e será mostrado a elas como poderão contribuir para tais interesses e para o amor na sala de aula. 

Elas serão encorajadas a trabalhar com alegria e felicidade. Se isso não vem facilmente, será mostrado à criança infeliz como a alegria e a felicidade podem ser alcançadas e ela será com certeza recompensada com o sucesso. As pessoas serão valorizadas de acordo com o seu compromisso na busca de níveis mais elevados de pensamento espiritual e de sua dedicação em servir aos interesses dos menos favorecidos e da comunidade em geral.

É um assunto de extrema urgência que as pessoas no mundo inteiro reconheçam que a VERDADE é: você nasceu para individualizar e expressar o UNIVERSAL – a FONTE do seu SER – de uma maneira evoluída, para finalmente alcançar o ápice, a manifestação INDIVIDUALIZADA da FONTE do seu SER - A CONSCIÊNCIA CRÍSTICA.

Você também foi criado para ser cuidado, nutrido, provido em cada uma de suas necessidades, com a finalidade de assegurar a sua saúde, o seu perfeito bem estar e a sua prosperidade harmoniosa, enquanto a sua alma estiver em viagem rumo à reunião individualizada com a Fonte do Ser – a Consciência Divina.

Enquanto você não captar esta VERDADE do SER, nunca alcançará o seu verdadeiro potencial na Terra - tanto física como espiritualmente. Nenhum país, organização religiosa ou pessoa, não importando o quanto ela possa ser humanamente reverenciada, poderá mudar o conteúdo destas Cartas, pois Eu, o CRISTO, também estou irradiando a VERDADE do SER em todo o mundo e para todos aqueles que estiverem no nível de frequência espiritual que os capacite para receber a VERDADE da EXISTÊNCIA. Estas pessoas a receberão, venerarão e a adotarão inteiramente, sem reservas, como orientação para os seus pensamentos, sentimentos e ações.

Se há aqueles que não podem compreender ou receber estas Cartas, isto se dá unicamente porque ainda não se elevaram ao nível necessário de consciência para que possam identificar-se com as mesmas. Porém, com toda a certeza, o crescimento desses chegará mais tarde.

Portanto, digo àqueles que ainda não experimentaram a qualidade de vida que descrevi como sendo a sua pela VONTADE DIVINA, que não se perguntem o que acontece com a vida, com as pessoas, com as circunstâncias – ou consigo mesmo...Olhem para os seus próprios processos de pensamento, suas próprias atitudes diante da vida, seus sentimentos em relação aos outros e a si mesmos, - e descubra em que tipo de pensamentos – e expectativas – você entra normalmente.

Eles desenvolvem uma força de energia de consciência poderosamente criativa que você está emitindo durante o dia todo. Isso atrairá para você tudo o que teme e espera. Às vezes, a forma negativa de consciência criativa está profundamente enraizada em seu subconsciente, implantada ali há muitos anos em função de certas circunstâncias.

Ou então o impulso de consciência criativa negativa pode ter vindo de uma vida anterior. De qualquer maneira, se você tem passado por más experiências constantes, examine o seu estado interior e verifique qual tipo de expectativa negativa o seu subconsciente armazena. Procure saber ainda quais são os seus sentimentos e atitudes em relação aos outros.

Você vive consistentemente em harmonia com as Leis da Existência? Expressa o “amor incondicional” em todos os níveis de sua vida, em direção a cada coisa em sua experiência? Você é capaz de ver a “luz da alma” dentro de todas as coisas vivas – ou só pode ver o seu impulso egocêntrico – a sua escuridão?

Você percebe que as pessoas a quem hostiliza ou critica, Eu o Cristo, tenho por elas o mais elevado amor e compreensão todo o tempo? Para aqueles que você está rejeitando, eu estou irradiando o meu amor incondicional. Sempre tenha em mente que a FONTE do SER está em dois estados – no equilíbrio e na atividade.

O estado ativo de sua FONTE do SER é a dimensão na qual você foi concebido e recebeu a individualização. O EQUILÍBRIO da CONSCIÊNCIA é a dimensão da perfeita quietude e silencia, na qual os IMPULSOS de CRIATIVIDADE subjacentes estão unidos em um abraço de mútua contenção. Quando você percebe, aceita e compreende plenamente que em cada “sessão de aprendizagem em sua escola Terra” você sempre tem acesso à Divina Inteligência Amorosa que resolve todos os problemas de maneira perfeita, você é elevado além do alcance do pânico e da dor. 

Você resolve seus problemas rápida e suavemente e percebe que as suas próprias reservas de sabedoria e conhecimento vão aumentando de muitas maneiras. Deste modo você evolui em cada nível do seu ser. O meu propósito, ao vir até você nessas Cartas, tem sido o de mostrar a maneira de viver em harmonia com as Leis da Existência para ajudar a evitar a dor desnecessária, as limitações e privações causadas por sua ignorância das Leis.

Porém, também quero registrar em sua consciência que todas as pessoas estão sujeitas aos ritmos em suas vidas. Você passa por todos os períodos de elevação nos quais um influxo de bênçãos traz todas as coisas que desejou e você se sente em um pico de felicidade e sucesso humanos. Você exulta! E depois vem um tempo em que de repente o ritmo da vida muda, os recursos diminuem, as relações se tornam difíceis e precárias, a sua carreira profissional tem uma queda ou aparecem obstáculos que o deixam estagnado durante um tempo.

Talvez você se pergunte: que mal eu fiz Anteriormente você trabalhou com muito sucesso dentro das LEIS da EXISTÊNCIA, mas agora existem desafios diários e nada do que você pensa ou faz alivia verdadeiramente a tensão de sua vida cotidiana. 

Quando esses momentos chegarem – se chegarem – permaneça com o coração e a mente tranquilos – e saiba que continua recebendo vida e orientação da Consciência Divina, apesar das aparências contrarias e das agonias superficiais. Nesses momentos é essencial que você se retire e faça um balanço dos modos pelos quais você pode ter vacilado na consciência durante os períodos elevados, - e reforce a sua dependência da Consciência Divina.

Sem esses períodos sombrios de depressão, você não cresceria espiritualmente. Eles têm uma mensagem especial para você, portanto, nunca dê lugar ao desespero e a amargura. Ainda que se sinta frágil, esse é o seu inverno de autodescoberta e renovação interior que no final mostrará ser uma benção ainda maior do que as que teve nos períodos elevados. Tome coragem e não perca a fé. Espere pacientemente até que o inverno, gradualmente, dê lugar a sua primavera espiritual novamente.

Persevere em repouso e com confiança à espera do momento em que novamente a Vida Divina fluíra em sua mente, coração e vida terrena e tudo o que havia desejado comece a manifestar-se em sua experiência. E durante todo esse tempo perceba e mantenha-se firme no fato de que, se você não está consciente do fluxo de Consciência Divina durante as suas meditações, isso não significa que tenha sido abandonado, mas que as suas próprias vibrações cósmicas – e, portanto, as suas vibrações de consciência pessoal – estão em um nível muito abaixo e que você não é capaz de elevar-se para experimentar as vibrações da Consciência Divina como antes.

Ainda que você não sinta as vibrações, tenha certeza de que sempre está envolto nelas e no AMOR DIVINO. Também quero lembrá-lo e imprimir em sua consciência, que no momento em que o mais pobre dos seres humanos puder compreender a verdadeira natureza de suas origens e puder fazer uso deste conhecimento, poderá começar a sair de sua rotina e então elevar-se a qualquer altura que escolher para si mesmo – com a condição de que diariamente, sintonize com a FONTE do seu SER e extraia Seu Poder Infinito, Vida, inspiração, orientação e direção.

Você não é vitima do destino – até que compreenda que a sua consciência é completamente moldada por você mesmo, e de que é vítima de sua própria consciência criativa. Quando está gloriosa verdade despontar em sua própria consciência, você começará a mudar a sua vida e finalmente descobrirá que pode trabalhar para tornar-se um Mestre e alcançar a completa liberdade na CONSCIÊNCIA DIVINA. 

Mas tenho que dizer que não é suficiente apenas ler estas Cartas e depois voltar-se para outros livros, esperando encontrar alguma outra verdade mais elevada e inspirada que esta. Eu, o CRISTO, digo que não existe verdade mais alta e nem caminho mais elevado para oferecer a você neste tempo. 

Talvez às vezes você sinta que encontrou algo mais elevado porque no nível de sua consciência humana atual pode relacionar-se com certos escritos com mais facilidade, - mas esteja certo de que a VERDADE ESPIRITUAL da EXISTÊNCIA é o único conhecimento que o levará finalmente à CONSCIÊNCIA CRISTICA, que é o seu verdadeiro destino, - e nenhum outro. A CONSCIÊNCIA CRÍSTICA é a consciência espiritual de todos os grandes Mestres e não existe nada mais elevado.

Portanto, a sintonia com a Consciência Divina e o total domínio de si mesmo - deve ser a sua razão de viver e a sua única meta. Quando a tiver alcançado, tudo o que sempre desejou será seu – de uma forma nova, transcendente e eterna. 

Pode ser que você leia estas Cartas e decida continuar assim como está – em sua ego-consciência, confiando na Consciência Divina somente para ajudá-lo nos momentos difíceis. Mas, posso dizer que a vida em si afinal o convencerá de que qualquer outro caminho não trará as compensações que sua alma, escondida e silenciosamente esperando por sua libertação, anseia por experimentar – especialmente a completa reunião com a Consciência Divina.

O maior presente que você pode dar a si mesmo – ou a qualquer outa pessoa, é o de aceitar com gratidão em sua própria mente – e o de procurar infundir em outras mentes receptivas – a plena compreensão inspirada de quem “você e eles” realmente são e o que pode verdadeiramente acontecer quando “você e eles” abandonam a sua própria vontade e buscam na FONTE do seu SER por ajuda, orientação e satisfação de todas as suas necessidades. Assim fazendo, você se tornará uma fonte de luz para si mesmo e para os outros também.

Gostaria de falar um pouco sobre o riso e sua importância para desanuviar os espíritos humanos. O riso é um presente de amor da CONSCIÊNCIA DIVINA para uma criação que está totalmente possuída e dominada pelo ego e que também está necessitando libertar-se dele. O riso é a sua criança interior. 

Enquanto você lê estas Cartas, medita e seus níveis de frequências vibratórias de consciência se elevam - você descobrirá que os velhos padrões mentais já não estão mais confortáveis em sua mente. Você buscará formas de expulsá-los de sua consciência. Conforme você vai elevando-se espiritualmente e deseja cada vez mais desfazer-se dos inconvenientes impulsos humanos egocêntricos, os conflitos em suas sensibilidades se tornarão mais penosos e você pedirá por alivio. 

Perceberá então que, quando se volta para a Consciência Divina e pede ardentemente por Assistência Divina, a ajuda vem com certeza. Você se livrará dos pensamentos e reações indesejáveis e descobrirá que o RISO se torna cada vez mais espontâneo em você. Descobrirá também que as suas tensões serão suavizadas e que seus pensamentos se tornam mais leves, que suas relações são mais fáceis, mais cuidadosas, muito mais apreciativas, que você está mais consciente da vida em si e de tudo o que ela tem a oferecer em visão e experiência. 

Você desfrutará mais dos prazeres simples da vida, se sentirá menos saturado de desejos mundanos, necessitará menos de alimentos, menos entretenimento, estará mais feliz com a sua própria companhia e afinal começará a se alegrar com sua companhia porque a COSNCIÊNCIA DIVINA estará infundindo sua consciência humana com seu próprio Estado exaltado de BEM-ESTAR. Pouco a pouco você retornará à sua condição de “criança” que vê o mundo com um olhar feliz e curioso. Isso não é senilidade. É um estado de maior consciência e vivacidade, seja qual for a sua idade. 

Este é o “estado do ser” que queria expressar quando disse que “a menos que volte a ser como uma criança, você não poderá entrar no Reino dos Céus”. Na realidade eu disse que, quando você entra no Reino dos Céus, torna-se uma criança – uma criança cheia de deslumbramento e de alegria. Eu dei ao mundo estas Cartas para que aqueles que as leiam e as absorvam possam finalmente entrar no “Reino dos Céus” e alcançar aquele estado de alegria que vem da pureza da mente e da inocência manifestada quase sempre através do riso.

Quanto aos exercícios espirituais que você poderá fazer – digo que somente a absoluta “Quietude” e o “Silêncio” de sua consciência abrirão a porta para a entrada da Consciência Divina em sua mente e isso é o que todo o mundo deveria estar buscando. Se você tem sede e necessita beber água – porque imaginar que está à margem de um lago? Vá até o lago e beba um pouco de água pura e refrescante. Digo novamente: a imaginação não é espiritual – é o exercício de sua vontade no seu nível atual de consciência.

Com relação ao racismo todos aqueles que se sentem prejudicados com tal prática precisam saber que – é um fato que as pessoas reencarnam em diferentes classes sociais e também em diferentes raças para que a alma possa aprender alguma lição valiosa em sua jornada rumo à CONSCIÊNCIA CRÍSTICA. 

Tenha em mente o princípio fundamental da existência. Você mesmo cria os seus amanhãs. Você também traz à existência qualquer coisa que necessite para a sua elevação. Esteja você consciente disso ou não, ao esforçar-se para conseguir melhorar suas condições de vida está espontaneamente alcançando níveis superiores de consciência espiritual. 

Como já disse – a VONTADE DIVINA é liberar toda a criação da tensão e, portanto, aquelas lições necessárias para elevá-lo em direção à Consciência Divina se manifestarão em sua experiência. Por isso PERDOE, pois não tem o verdadeiro conhecimento da viagem da sua alma através dos muitos séculos de existência terrena. 

Você não tem nenhum conhecimento do que fez em vidas passadas. Perdoe o presente e o passado e aceite que também muitas coisas boas são decorrentes disso. Aprenda a abençoar e a amar àqueles que você pensou que causaram mal a você ou aos seus antepassados de cor.

E você que atualmente ocupa um corpo que carrega o poder e o privilégio – considere as outras raças e seus problemas e reflita sobre o fato de que você, em uma vida futura, possa ocupar um corpo desfavorecido e vir a conhecer em primeira mão como e nascer com a sensação de ser um cidadão de segunda classe. 

Reflita também sobre as suas vidas passadas, pondere o que você possa ter feito ou deixado de fazer para que se encontre na sua situação atual. A verdade sobre o RACISMO é esta: Cada uma das entidades vivendo sob o sol descende da Consciência Divina de uma forma ou de outra. Nas raízes mais profundas de cada ser, todos estão unidos na mesma UNICIDADE. Então, onde estão as diferenças?

Elas surgem do desenvolvimento das espécies, da genética, do condicionamento, dos ensinamentos tradicionais, dos costumes, dos hábitos familiares e educacionais para relacionar-se com os outros e nas diferenças de padrões de pensamento. Não é a cor da pele que os divide. Uma criança pequena de qualquer raça ou cor, pela sua inocência e espontaneidade de autoexpressão, será bem aceita no coração da maioria dos adultos.

É a CONSCIÊNCIA que os divide e que é sentida em cada nível do seu ser – pois todos vocês são, apesar dos corpos materializados, FORMAS DE CONSCIÊNCIA, recebendo padrões de consciência dos outros. A consciência de cada indivíduo é a sua realidade - não a sua pele ou aparência - e é a consciência das pessoas que atrai ou rejeita aos demais. 

Vocês podem ter certeza de que seu senso de diferença racial somente será superado quando seus padrões de pensamento mentais/emocionais estiverem em harmonia e quando os VALORES pelos quais escolherem viver diariamente forem os mesmos. Até que chegue esse momento, é inútil que as pessoas se aborreçam umas com as outras devido às diferenças raciais. Elas são próprias da condição humana.

Se você quiser ser completamente aceito por outra raça, tem que mudar os seus valores, suas percepções, suas ideias, seu modo de vida e a forma de relacionar-se a fim de assemelhar-se com as pessoas dessa raça. As diferenças raciais então morrem de morte natural. Se você não está preparado para assumir a consciência da raça à qual deseja unir-se, então reconheça, aceite e RESPEITE com AMOR as diferenças de consciência. Ninguém tem o direito de exigir que você ignore as diferenças. 

O MAIS IMPORTANTE DE TUDO: escolha os padrões mais elevados que o mundo tem a oferecer, trabalhe para abraçá-los e utilizá-los e todas as cores de pele mostrarão uma nova beleza interior a qual ninguém será capaz de resistir. Então todas as pessoas de boa vontade se unirão em perfeita harmonia. A aparência física de cada cor mudará e também se revestirá de uma nova beleza interior. 

Quando estas Cartas tiverem sido distribuídas no mundo inteiro e grupos de pessoas se reunirem para viver segundo as leis espirituais da existência, tais grupos perceberão que estão vivendo vidas harmoniosamente protegidas, ainda que possa existir o caos ao redor deles. Por toda parte, aqueles que se reunirem para aprender como entrar – e viver – na Totalidade do Ser a que chamei de o “Reino dos Céus” há dois mil e dezesseis anos, descobrirão sem dúvida que suas circunstâncias de vida mudarão.

Encorajo-os vivamente a se reunirem aos domingos para conversarem sobre as muitas bênçãos recebidas, agradecerem sinceramente e de todo o coração e a elevarem suas mentes em louvor Daquele que lhe deu o SER. Meditem juntos para que através de suas mentes atraiam a Consciência Divina à consciência mundial, afim de que a natureza do Divino possa, cada vez mais, impregnar a natureza da psique mundial com o Seu próprio Amor transcendente.

Estes grupos emitirão uma energia de consciência espiritual que influenciará as energias mentais ao seu redor. Eu gostaria que recordassem que o mundo não estava numa situação tão perigosa quando as igrejas em todo o planeta se reuniam aos domingos para adorar a Deus. Apesar do exagero, esse tempo foi útil para a humanidade, mas já passou e vocês não adorarão mais a Deus. 

Vocês construirão uma forte compreensão da Consciência Divina universalmente presente. Sua universalidade e a extensão de Sua criatividade estarão cada vez mais firmemente enraizadas em suas mentes por meio do louvor sincero. No silêncio e na quietude vocês se dirigirão a CONSCIÊNCIA DIVINA e amorosamente a convidarão para tomar posse de suas mentes e de seus corações. E assim, pouco a pouco vocês serão unificados e a Consciência Divina se apossará cada vez mais do mundo tal como era a Sua primeira intenção. 

SOBRE A REENCARNAÇÃO: muitos perguntarão com é que no momento da concepção uma alma pode ser extraída da Consciência Divina e que o corpo em si poder ser usado em seu tempo de vida como veículo de autoexpressão pela alma que está pronta para reencarnar. 

Quando uma alma está pronta para entrar na Terra para o seu período seguinte de aprendizagem terrena, essa alma é atraída para os pais que possam oferecer as condições que permitirão a ela dar o próximo passo necessário para avançar na evolução espiritual. No momento da concepção a antiga alma impregna a sua consciência pessoal com as vidas anteriores e o progresso espiritual passado, e ela se torna a alma do óvulo fertilizado. 

Algumas mães quase que de imediato se tornam conscientes de uma consciência estranha dentro delas. A nova consciência que concebeu em seu útero às vezes afeta profundamente a sua maneira de pensar, a sua gravidez e seu estado de saúde. Uma vez nascido o bebê, a mãe sente que o seu estado normal foi restaurado. As mães mais sensíveis frequentemente experimentam um conhecimento da direção que tomará a vida do seu filho e supõem que esse conhecimento intuitivo nasceu dos seus próprios desejos para o bebê.

A reencarnação não é acidental ou desprovida de um plano consistente dirigindo sua ação. O propósito é sempre o de proporcionar à alma que realiza a sua jornada, muitas e diferentes experiências que ampliarão em conhecimentos terrenos a bagagem oculta da alma. Isso origina estimulantes e necessárias mudanças de cenários, de personalidades de família, de ambiente, de características adquiridas geneticamente.

Porém o tênue fio da jornada da alma sempre estará enterrado na mente subconsciente e sairá para influenciar a presente encarnação, ainda que a pessoa desconheça isso por completo. Portanto, é possível que as características, os pontos de vistas fortemente enraizados ou as ambições apaixonadas venham perpetuando-se de uma encarnação a outra.

Às vezes certas ambições são gestadas em uma vida e se manifestam com êxito somente na próxima encarnação, em condições inteiramente diferentes. Em tais casos, antes do renascimento, uma alma deve esperar até que as condições mundiais favoreçam o sucesso de suas ambições ocultas. 

Se imaginarmos uma alma mergulhada em um tanque vermelho, saindo tingida de vermelho, entrando na vida como uma pessoa vermelha, com todas as características de uma pessoa vermelha, educada desde a infância a viver uma vida vermelha, você compreenderá que essa alma deixará essa vida com muito vermelho em sua consciência.

Em seguida, ao retornar através de uma nova reencarnação, ela mergulha em um tanque azul e emergirá azul, com todas as características do azul e o estilo de vida das pessoas azuis. Quando partir novamente deste mundo com a futura morte - terá com certeza acumulado facetas de consciência azul misturadas com vermelho. 

Assim acontece, vida após vida, - a mesma alma crescendo através de suas diferentes experiências de cores, religião, posição social, casamentos, sexos, países, politica, até que finalmente desperta para tudo o que vem acontecendo e decide que está cansada das diversas combinações de cores – e quer somente ascender em direção à LUZ. 

Começa então, o seu verdadeiro caminho espiritual. Gradativamente, passando de uma vida para outra, se desfaz do vermelho, azul, amarelo, verde, preto, marrom e púrpura acumuladas em suas vidas passadas, até que por fim, liberada de todas as ilusões e falsos conceitos dessas vidas, a alma dá um passo para a LUZ e a reencarnação não é mais necessária. 

A alma agora está forte, cheia de recursos, criativa – mas sua individualidade está intacta e ela começa a ascender nos diferentes níveis de LUZ espiritual para além das frequências vibratórias deste mundo. E é assim que se processa a reencarnação.

Como disse nesta Carta, estou sempre com você, irradiando na sua consciência a VERDADE do SER. Quanto mais você ler estas Cartas, mais estará consciente da minha Presença e do meu Amor. Através deste contato, meus amorosos propósitos para com você serão cumpridos. Somente você poderá romper o contato. Estou irradiando Amor, não importa o que você sinta. Deixo para você o meu AMOR e o meu desejo de uma rápida jornada rumo à verdadeira Luz Espiritual.



Jesus Cristo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

CONTATO DO BLOG

Telefone/Whats: (84) 9 8177-6707 Email: Contato@ofachodegrossos.com Facebook:  O Facho de Grossos © 2015 -2017 - O Facho de Grossos...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

Acessos

FAN PAGE

PESQUISE AQUI

COLUNISTAS

COLUNISTAS
EMÍLIO OLIVEIRA
O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.