sábado, 14 de janeiro de 2017
Todos os anos, no período que antecede o Carnaval, crianças e adolescentes saem pelas ruas da cidade munidos de tambores, taróis, latarias velhas e até mesmo panelas com o intuito de chamar atenção dos moradores para um personagem central: o urso, que dançando pede alguns trocados aos populares.

Muitos deles nem sabem a origem dessa atividade, mas ao fazerem isso contribuem para manter a tradição, mais conhecida como "La Ursa". A nomenclatura oficial é mais conhecida nos festejos carnavalescos do Pernambuco. Em Grossos, são chamados apenas de ursos.

A la ursa ou o Urso do carnaval é herança européia.
Conheça a história:

Seu início foi no século XIX com os imigrantes Italianos. Entre eles, a comunidade cigana ligada a arte circense que, entre outros espetáculos apresenta ursos amestrados. Esse número populariza a imagem do urso e o insere definitivamente na cultura nordestina.

A figura central é o urso, um homem vestindo um velho macacão coberto de estopa, veludo, pelúcia ou agave com sua máscara de papel machê pintada de cores variadas, preso por uma corda na cintura. Segurado pelo domador, O urso dança e encanta para a alegria de todos ao som de músicas carnavalescas ou até mesmo podendo variar para o baião, forró, xote e até mesmo a polca.

Fonte do texto: Pé no carnaval



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

Acessos

FAN PAGE

COLUNISTAS

COLUNISTAS
EMÍLIO OLIVEIRA

PESQUISE AQUI

O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.