domingo, 13 de novembro de 2016
Por: Emílio Oliveira
Há poucos dias fui surpreendido por uma garota de 15 anos que me perguntou o que eu acharia dela em 2018, votar com o pretenso candidato a presidente da república, Jair Bolsonaro. Então eu surpreso respondi a ela dizendo que não fizesse uma tolice dessas não, pois esse senhor, Jair Bolsonaro, que tem se mostrado como um legítimo represente da extrema direita, representa tudo o que significa de mais atrasado, preconceituoso e ruim nesse país.

Se a gente fosse comparar o Brasil de hoje com os Estados Unidos da América, o nosso Jair Bolsonaro poderia ser o Donald Trump? A Hillary Clinton poderia ser a nossa Marina Silva? E o Bernie Sanders poderia ser o nosso Ciro Gomes? Para quem não sabe, o Bernie Sanders foi o pretenso candidato democrata derrotado nas primárias pela Hillary Clinton.

O Bernie Sanders é um senador muito querido e respeitado nos Estados Unidos e inclusive há comentaristas políticos americanos que afirmam que, se o candidato do Partido Democrata tivesse sido ele, o Donald Trump não teria conseguido ganhar a eleição. O Bernie Sanders é bem mais solidário e comprometido com as lutas dos sindicatos de trabalhadores e também da juventude americana do que Hillary Clinton que, além de ser mulher, foi sempre mais ligada ao establishment do sistema político daquele país. 

Ou seja, ela, a Hillary Clinton, apesar de ter sido candidata pelo Partido Democrata que é considerado lá como um partido de centro-esquerda, mesmo assim, representava mais as classes médias altas e os ricos do mundo do entretenimento como os artistas, os novos empreendedores ricos oriundos do setor de informática e os intelectuais. 

Enquanto isso, a classe média mais baixa que é a grande maioria dos americanos e que é representada pelos menos escolarizados que estão realmente desencantados com a politica tradicional americana e sofrendo com o desemprego e a baixa dos salários da indústria que igualmente aos outros países está sofrendo com os efeitos nocivos e deletérios da eficiente competição Chinesa, foi, nessa eleição americana, quem decidiu o pleito em favor de Donald Trump que, inclusive, logo após a apuração dos votos e dado como eleito, mudou, imediatamente, o tom da conversa.

Mas, voltando ao que interessa que é a nossa eleição presidencial de 2018, se o Jair Bolsonaro representasse o nosso Donald Trump, a Hillary Clinton, representasse a nossa Marina Silva, e o Bernie Sanders, representasse o nosso Ciro Gomes, vamos tentar, de forma isenta e sem nenhuma espécie de torcida de nossa parte, analisar a importância de cada um desses nossos futuros pretensos candidatos a presidente da república.

O Jair Bolsonaro - vem demonstrando ser tão desbocado quanto o Donald Trump, além de não ter experiência administrativa de algum patrimônio público que comprove a sua real capacidade, é um candidato chegado a defender certos preconceitos que no mundo de hoje já não têm mais sentido, representa a parte mais radical de nossas forças armadas que deixaram o poder em 85 chamuscadas depois de 21 anos de ditadura militar, além de representar também a extrema direita desse país. 

A Marina Silva - difere um pouco da Hillary Clinton por não representar o establishment elitista de nosso pais, mais igualmente a ela tem uma postura de construção de uma nação na medida do possível para todos, de tal forma que haja convergência e racionalização dos interesses da administração pública com os interesses dos mais humildes e do meio ambiente e é favorável a privatização do Banco Central que, inclusive, já é tão privado como se o fosse de verdade.

O Ciro Gomes - igualmente ao Bernie Sanders, não guarda muita simpatia com a predominância do mercado financeiro, havendo significativas semelhanças em suas ideias. Apesar de ainda novo ele é um politico já bastante experiente, visto ter passado por quase todos os cargos da administração pública e sem nenhum processo administrativo colegiado ou não que tenha maculado o seu currículo e o ameaçado de ser candidato. 

Não é proprietário de meios de comunicação, renunciou as pensões que por direito lhe eram asseguradas, pertenceu a vários partidos deixando-os todos por divergências ideológicas, é um homem corajoso, inteligente, sem papas na língua, conhecedor das mazelas da política econômica e social brasileira, foi ministro da economia no Governo Itamar Franco, ajudou a criar o plano real, estudou economia em Havard, é um patriota, nordestino, sabe e tem coragem como ninguém para virar o jogo a favor do nosso país que tem sido rotineiramente massacrado com as politicas econômicas impostas pela plutocracia que ideologicamente vem administrando a economia de nosso país e de seu “Banco Central”.

O Jair Bolsonaro na presidência da republica o que se pode esperar dele é um exagerado nacionalismo militar aliado a muito radicalismo, intolerância politica e administrativa, preconceitos contra pobres de cor e LGBT, autoritarismo exacerbado que os jovens desse país - graças aos que lutaram para restabelecer essa nossa ainda tão claudicante democracia -, felizmente não conheceram. Igualmente ao Trump nos Estados Unidos, acho um perigo dar a ele poderes para administrar o nosso país na atual conjuntura em que estamos vivendo.

A Marina Silva na presidência da república o que se pode esperar dela com a sensibilidade que lhe é peculiar é uma tolerância com todas as nossas ideologias existentes, aliada a uma política econômica voltada para as maiorias quase sempre abandonadas à própria-sorte, mesclada sempre com certo radicalismo ecológico no sentido de se dificultar o desenvolvimento das potencialidades econômicas do país que estejam em desacordo com o respeito à ecologia e ao meio ambiente. Não tenho muita certeza de que com a passividade e a simplicidade que geralmente demonstra - ela tenha condições de domar para o seu projeto politico-administrativo os muitos antipatriotas que ocupam a “nossa economia e nosso congresso nacional”.

O Ciro Gomes na presidência da república o que é muito difícil de acontecer por que certamente se posicionará contra ele todos o meios de comunicação de massa, juntamente com as grandes corporações multinacionais como os conglomerados bancários, industrias e latifundiários, visto ser ele, com o conhecimento e a experiência que dispõe desse tão famigerado mercado financeiro, o único que tem coragem e patriotismo suficiente para enfrentar e estancar essa tão deletéria e exacerbada sangria dos nossos recursos públicos promovido pela plutocracia desse país e alhures.

Com Ciro Gomes vai aparecer dinheiro para comprar medicamentos para os hospitais, para recuperação e restauração do patrimônio público federal, para a construção de novas estradas federais, para a construção de escolas e universidades, para a construção de portos e aeroportos, para a construção de casas populares para os trabalhadores, para ampliação e investimento em novas tecnologias de produção e principalmente para a elaboração e execução de um projeto de país e não apenas de poder, como o Lula e a Dilma tentaram fazer. 

Para isso, entretanto, ele precisa primeiramente receber o apoio político da maioria do povo brasileiro para se eleger presidente da republica, e depois para lhe dar o respaldo popular indo, se necessário, indo às ruas para lhe prestar o respaldo suficiente para que ele possa enfrentar os grandes desafios que lhe aguardam o futuro se o povo brasileiro - já tão cansado de ser engando pelos que apenas têm apresentado projetos de poder -, resolver adotar para sair desse atoleiro em que de forma não republicana nos meteram, uma proposta verdadeiramente patriótica, nacionalista e com os pés no chão. 

Se não, amigos, vamos continuar sempre assim amargando todo esse sofrimento de inocentemente pensarmos que estamos ricos e, de repente, constatarmos que estamos mesmo é mais pobres do que antes, como agora nessa conjuntura em que estamos vivendo, até o dia em que, as grandes potencias mundiais, pela tibieza e falta de patriotismo de nossos tão inoperantes e falsos representantes, entreguem de vez o país as suas eternas sanhas colonialistas. 

Afirmo isso porque venho sistematicamente acompanhando através da Internet nas madrugadas mal dormidas, o que se vem se planejando do lado dos países dominantes contra os pobres países periféricos, porém ricos em recursos naturais como o nosso. Infelizmente, a cultura de nossos pobres povos ideologicamente dominados é puramente televisiva, ou seja, sabe-se não a verdade verdadeira dos estarrecedores fatos, mas, somente o que interessa a esse monstruoso sistema econômico e politico o que eles querem que o povo mais humilde e simples saiba. 

Se você não buscar nos livros especializados sobre o assunto a verdade verdadeira dos fatos, você vai ficar apenas vendo os programas puramente alienantes das múltiplas redes televisivas, simplesmente acreditando que o mundo funciona para todos do jeito que eles afirmam em suas horripilantes transmissões, quando é justamente o contrário do que ideologicamente se prega como verdades absolutas do sistema capitalista que, na verdade, nem capitalista é, mais sim, puramente explorador. 

Ante esse meu posicionamento, alguém poderá até achar ou mesmo concluir que sou um partidário do Ciro Gomes, porém, quero afirmar aqui que na última eleição para presidente da república votei com a Marina Silva no primeiro turno e no segundo turno, magoado com o PT porque já antevia ali o que iria acontecer com esse partido que moralmente se depravara tão rapidamente frustrando as esperanças de milhões de brasileiros sérios e bem intencionados, votei com o Aécio Neves, mesmo sabendo que ele não era o candidato que eu realmente desejava para aquele momento de nossa caminhada histórica. 

Venho acompanhando pelo You Tube as palestras que o Ciro Gomes vem fazendo nas nossas Universidades Federais e nas instituições sindicais e afins aonde, sistematicamente, vem colocando o dedo nessa tão exposta e vergonhosa ferida que têm nos deixado inertes nesse nosso claudicante processo de desenvolvimento econômico e social. 

Todavia, confesso que tenho apreciado a sua pregação nacionalista, patriótica e cidadã por onde passa, e, se não aparecer logo um candidato que tenha um perfil superior ao dele, acho que vou votar com ele que é um nordestino como todos nós, além de ter coragem cívica para, se necessário for, virar a mesa em nosso favor. Tenho dito!...


Emílio.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acessos

PESQUISE AQUI

Receba nossas notícias no e-mail

CONTATO DO BLOG

Telefone/Whats: (84) 9 8177-6707 Email: Contato@ofachodegrossos.com Facebook:  O Facho de Grossos © 2015 -2018 - O Facho de Grossos...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

COLUNISTAS

COLUNISTAS
EMÍLIO OLIVEIRA
O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.