sábado, 27 de agosto de 2016
Uma briga envolvendo presos das duas principais facções criminosas com atuação nos presídios de Mossoró, pode ter sido a motivação para mais uma morte violenta em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte. 

O detento do Semi-aberto da Penitenciaria Agrícola Mário Negócio, Júlio Cesar Meira da Silva, “Julinho da Baixinha”, de 19 anos de idade foi morto dentro da penitenciaria, com 06 disparos de arma de fogo, sendo 04 nas costas e 02 na cabeça, segundo o responsável pela perícia criminal. 

Segundo informações, vítima e acusado chegaram recentemente no complexo penal para cumprir pena no regime semi-aberto, por assaltos e tráfico de drogas.

Ainda segundo informações da direção, o acusado, Thiago Roberto Alves Maia, que pertence a facção criminosa “PCC” teria reclamado que estava sendo ameaçado de morte pela vítima, que pertencia ao Sindicato do RN. A motivação, seria a disputa de facções dentro dos presídios. 

Na tarde de hoje, a direção foi chamada com a informações que Thiago teria matado Lulinho, utilizando uma arma de fogo e fugiu. 

A policia de Mossoró tenta localizar e prender o acusado, enquanto a direção procura entender como um revolver municiado foi parar dentro de uma penitenciaria.

OCâmera
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

Acessos

FAN PAGE

COLUNISTAS

COLUNISTAS
EMÍLIO OLIVEIRA

PESQUISE AQUI

O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.