quarta-feira, 2 de março de 2016
A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS/RN), divulgou nesta quarta-feira (02) boletim epidemiológico com informações atualizadas sobre a situação epidemiológica da microcefalia no Rio Grande do Norte. Até o momento o estado conta com 383 casos suspeitos da malformação relacionados às infecções congênitas. Segundo o Ministério da Saúde, o Rio Grande do Norte ocupa a 4ª posição em número de notificações de casos no país. O primeiro lugar permanece com Pernambuco (1.672), seguido dos estados da Bahia (817) e Paraíba (810).

Entre os casos notificados, 306 são de nascimentos ocorridos em 2015, 66 são de nascimentos ocorridos até 27 de fevereiro deste ano, 2 foram abortos, 8 intraútero e 1 em 2014. Do total de notificações, 77 foram confirmados, 281 estão sob investigação e 25 foram descartados, por apresentar exames normais, por apresentar microcefalia e/ou malformações congênitas por causas não infecciosas ou por não se enquadrar nas definições de casos.

Os casos notificados estão distribuídos em 75 municípios do RN, situados nas oito regiões de saúde do estado. Do total de casos notificados, 16 evoluíram para óbito, após o parto ou durante a gestação (aborto espontâneo ou natimorto).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM GROSSOS

Acessos

FAN PAGE

COLUNISTAS

COLUNISTAS
EMÍLIO OLIVEIRA

PESQUISE AQUI

O Facho de Grossos 2014. Tecnologia do Blogger.